Tesla registra prejuízo de US$ 619 milhões e adia entrega do Model 3

Da Redação
03 de novembro de 2017 - 16h16
Em reunião com acionistas, Elon Musk anunciou que não conseguirá cumprir a meta de fabricar 10 mil unidades do veículo até março de 2018

A Tesla parece não ter muito a comemorar considerando o balanço do terceiro semestre. Entre julho e setembro, a montadora de carros elétricos de Elon Musk registrou um prejuízo de US$ 619,4 milhões de dólares. No mesmo período de 2016, a Tesla havia registrado lucros de U$ 21,9 milhões. 

Além do saldo negativo, a companhia anunciou atrasos na entrega do Model 3, seu sedan elétrico mais popular que foi lançado neste ano com preços a partir de 35 mil dólares. 

Segundo a Tesla, um dos principais motivos para o atraso se dá em um "estrangulamento" na linha de montagem das baterias na Gigafactory, em Nevada. Vale lembrar que a companhia já havia encarando atrasos significativos, tendo em vista que conseguiu produzir apenas 260 unidades quando prometeu entregar mais de 1500.

Em reunião com os acionistas, Musk anunciou que não conseguirá cumprir, pelo menos até março de 2018, a meta de fabricar 10 mil unidades do Model 3 por semana e, assim, cumprir o objetivo de 500 mil veículos produzidos para o ano que vem. Anteriormente, a montadora havia se comprometido a finalizar 5 mil unidades do Model 3 por semana até dezembro deste ano.

A Reuters lembra que mais de 500 mil pessoas já entregaram um depósito à Tesla reservando o Model 3. Outra grande baixa da Tesla para 2017 foi a recente demissão de cerca de 400 funcionários. De acordo com a própria Tesla, as demissões se deram em  diferentes setores como parte de uma revisão anual de suas atividades.