Novo 'Pagar com o Google' facilita compras via aplicativos e e-commerces

Da Redação
23/10/2017 - 08h05
Inicialmente disponível para aparelhos Android, via Chrome ou via app, recurso também chegará à plataforma iOS.

A partir de hoje, 23/10, desenvolvedores de todo o mundo poderão contar com um recurso que permite facilitar o pagamento por mercadorias e serviços dentro de aplicativos e sites móveis de e-commerce. Basta implementar uma API para que usuários que tenham um cartão associado à sua conta Google possam fazer uso da nova forma de pagamento.

Do lado do consumidor, basta escolher o produto, clicar na opção “Pagar com Google” e escolher um dos cartões que já tenha sido associado à sua conta Google por meio das plataformas Google Play, YouTube e Chrome, entre outras. Se o usuário ainda não tiver um cartão associado à sua conta Google,  poderá informar os dados de um cartão de crédito válido na primeira compra. Eles ficarão associados à conta Google e, da próxima vez, o usuário não precisará digitar nada.

O objetivo, além de proporcionar conveniência, é aumentar a segurança para as duas pontas, a do lojista e a do consumidor, já que o recurso centraliza o armazenamento dos dados do cartão na conta Google, e evita sua transmissão a cada transação.

O Brasil está entre os primeiros países a ter parceiros com a opção “Pagar com Google” já no lançamento. A lista inclui os aplicativos do Peixe Urbano, iFood, Hotel Urbano, HU e Magazine Luiza,  Em breve, Groupon, Zattini e Netshoes também terão o recurso disponível e há mais por vir.

Para desenvolvedores
O lançamento do “Pagar com Google” é um resultado direto da Google Payment API anunciada em maio passado, durante a Google I/O, de implementação gratuita, incluindo-a no próprio código, ou através do código já fornecidos por processadores de pagamento.

pagaRGOOGLE

Desenvolvedores interessados em saber mais sobre a API de pagamentos devem visitar a página criada pelo Google para eles. Já é possível implementar o “Pagar com Google” utilizando um processador de pagamentos, como Adyen, Worldpay e, em breve, Ebanx.

Inicialmente disponível para apps Android, via Chrome  ou via app, recurso também chegará à plataforma iOS.

Em tempo: o recurso não tem nenhuma relação com o Google Payments, com chegada ao mercado brasileiro confirmada pelo Google para ainda este ano. E que é uma operação muito mais complexa, uma vez que insere o Google na cadeia direta de meios de pagamento, em parceria com os bancos. 

pagarcomgoogle