Google usará balões do Projeto Loon para levar internet a Porto Rico

Da Redação
09/10/2017 - 15h07
Companhia recebeu aprovação de órgão federal para implantar balões de alta altitude temporariamente

O Google usará seus balões experimentais de alta altitude para ajudar a restaurar a conexão em Porto Rico e parte das Ilhas Virgens.

Na sexta-feira (06), a Alphabet, empresa que detém o Google, conseguiu a licença da Federal Communications Comission (FCC), órgão responsável pelo controle de transmissões interestaduais e internacionais por fio, rádio e outros meios, para levar à região os balões do Projeto Loon.

Após a passagem do furacão Maria, Porto Rico tem lutado para recuperar os serviços de comunicação. Segundo a FCC, mais de 75% das torres de celular foram danificadas e 90% da força elétrica ainda precisa ser restabelecida na ilha.

A ideia é que os balões de hélio do Google forneçam atendimento celular emergencial LTE temporário aos governos locais e residentes, permitindo também restabelecer a comunicação com o mundo exterior e gerenciar os esforços de socorro.

O projeto deve contar com a parceria de uma operadora de telefonia local, de forma similar ao que foi feito em março deste ano no Peru, quando o Projeto Loon se aliou à Telefonica para restabelecer a conexão local após um período intenso de chuvas e alagamentos.

A companhia não informou ainda quantos balões do Loon serão implantados e o quanto de Porto Rico e das Ilhas Virgens terão cobertura.

Também na sexta-feira, o governador de Porto Rico, Ricardo Rossello, disse no Twitter que teve uma "excelente conversa inicial com Elon Musk". Na mesma data, o CEO da Tesla tuitou que a montadora de carros elétricos e de baterias domésticas poderia reconstruir a rede elétrica da ilha usando apenas fontes de energia solar.