Mensagens do WhatsApp são bloqueadas na China, segundo usuários

Da Redação
19 de julho de 2017 - 17h38

Usuários do WhatsApp na China relataram problemas para enviar mensagens, fotos e vídeos pelo aplicativo de mensagens. As informações são do The New York Times

Segundo analistas de segurança entrevistados pelo jornal, esse bloqueio parcial do WhatsApp seria obra do governo chinês. No entanto, ainda não se sabe se isso significa que um bloqueio total está a caminho ou se esse bloqueio parcial pode cair.

Caso o WhatsApp seja banido permanentemente na China, o aplicativo iria se unir a outros serviços on-line também barrados no país asiático, como o Google e o Twitter.

Essa proibição de aplicativos no país ajudou no crescimento de empresas locais, como o Baidu, rival do Google, e o Weibo, rival do Twitter. No caso do WhatsApp, o principal beneficiado seria o WeChat.

Brasil

Vale lembrar que o WhatsApp, que possui 120 milhões de usuários no Brasil, já foi bloqueado temporariamente algumas vezes em nosso país por determinações judiciais em investigações criminais.

Recentemente, no início de junho, o aplicativo esteve no centro de uma audiência público do Supremo Tribunal Federal, que contou inclusive com a empresa do seu cofundador Brian Acton.