Motoristas do Uber precisarão de curso, vistoria e placa de São Paulo

Da Redação
12/07/2017 - 19h00
Novas exigências foram publicadas pela gestão de João Doria nesta quarta-feira, 12/7, no Diário Oficial. Regras passam a valer em 180 dias.

Os motoristas do Uber e outros aplicativos de transporte particular como Cabify e 99 terão de seguir algumas novas regras, segundo resolução do prefeito João Doria publicada nesta quarta-feira, 12/7, no Diário Oficial.

As mudanças passam a valer em 180 dias e incluem a exigência de um curso específico, placa da capital paulista e vistoria anual para os veículos usados pelos motoristas.

Com isso, a Prefeitura de SP cria um cadastro municipal de condutores, que estabelece os requisitos necessários para que esses motoristas possam atuar em apps de transporte particular. 

A lista de exigências da nova resolução da gestão Doria inclui a realização de um treinamento para condutores com duração de 16 horas, licenciamento do veículo em São Paulo e de inspeção anual, além do compromisso de exercer a atividade apenas por meio dos apps credenciados junto ao poder público.

Também será exigido pela Prefeitura dos motoristas um seguro contra acidentes de passageiros e a apresentação de documentos básicos, como CNH. Por fim, a publicação no Diário Oficial também destaca que os motoristas desses apps não poderão trajar roupas relacionadas a clubes de futebol.