Fabricante Red anuncia smartphone holográfico de US$1.200

Computerworld / EUA
10/07/2017 - 11h53
Chamado de Hydrogen One Media, aparelho Android será lançado no primeiro trimestre de 2018 e terá preços que chegam a US$1.600.

A fabricante de câmeras Red anunciou no final de semana o lançamento de um smartphone holográfico, descrito pela empresa como a “primeira máquina de mídia holográfica do mundo”.

Conhecida por suas câmeras profissionais de alta definição usadas em filmes como Hobbit e Guardiões da Galáxia, a companhia que o aparelho, chamado de Hydrogen One Media, será lançado no primeiro trimestre de 2018. 

O novo smartphone da Red traz uma tela holográfica “retina-riveting” de 5,7 polegadas, roda o sistema Android e conta com um “sistema de componentes modulares em constante expansão”.

O que a empresa chamou de “nanotecnologia” permitirá que o aparelho mude de forma simples entre conteúdo tradicional em 2D, conteúdo holográfico multiview, conteúdo em 3D e games interativos, que poderão ser visualizados nos modos paisagem e retrato.

“Não é mais necessário levar um outro aparelho para aproveitar conteúdo multi-dimensional”, afirma a Red no comunicado enviado para a imprensa sobre a novidade. 

A fabricante também criou o seu próprio tipo de arquivos, chamado de "Hydrogen 4-View content." A exemplo do iCloud, da Apple, os vídeos e fotos feitos com o novo aparelho serão armazenados automaticamente no Red Channel, que também permitirá que os usuários façam streaming de games e filmes holográficos.

Além disso, a empresa criou um algoritmo de firmware proprietário que converte som estéreo em áudio multi-dimensional. “Pense em 5.1 no seus fones de ouvido”, diz a Red no material de divulgação do aparelho. 

Por conta do seu design modular, o smartphone poderá ainda incorporar anexos futuros para produzir imagens de maior qualidade. O aparelho também vai se integrar com o programa de câmeras da Red, permitindo que funcione com as linhas de câmeras Scarlet, EPIC e Weapon, para funcionar como uma interface de usuário e monitor.

O Hydrogen One terá um cabo e carregador USB-C e uma entrada para cartão microSD.

O aparelho será vendido desbloqueado com preços a partir de 1.200 dólares, para o modelo Aluminum. A versão top de linha, chamada de Titanium, vai sair por 1.600 dólares – no entanto, a companhia não revelou as diferenças entre os dois modelos.