Nextel será vendida a grupo escandinavo por US$200 milhões

Da Redação
07/06/2017 - 16h57
Após fechar 2016 com dívidas na casa dos US$756 milhões, operadora brasileira será comprada pelo conglomerado escandinavo AINMT.

A operadora Nextel anunciou nesta quarta-feira, 7/6, que será vendida para o grupo escandinavo AINMT por 200 milhões de dólares. As informações são do Valor Econômico.

De acordo com o jornal, a operação de venda da Nextel será realizada em duas etapas. A primeira consiste em uma injeção de 50 milhões de dólares pelo grupo escandinavo na Nextel por meio de uma holding com sede em Luxemburgo. Com isso, a AINMT, que atua na Dinamarca, Noruega e Suécia sob a marca Ice, passará a ter 30% da Nextel Brasil.

A segunda etapa, que consiste na injeção de 150 milhões de dólares pelo grupo escandinavo na Nextel, acontecerá apenas após a renegociação dos prazos das dívidas da operadora brasileira, que fechou o último ano devendo cerca de 756 milhões de dólares. A AINMT terá até o próximo dia 15 de novembro para completar essa segunda etapa.

Depois disso, o grupo escandinavo passará a ter uma participação majoritária na Nextel, ficando com 60% da empresa brasileira. Os 40% restantes ficarão com a holding NII, que controla a operadora atualmente. 

Até o final do ano, a NII manterá três assentos no conselho de administração da Nextel, enquanto que a AINMT ficará com dois. A situação se inverte a partir de janeiro de 2018, quando o grupo escandinavo passará a ter três assentos.

Com cerca de 3 milhões de clientes em São Paulo e Rio de Janeiro, a Nextel registrou receita de 251 milhões de dólares no primeiro trimestre deste ano.