Alphabet faz acordo com maior rival do Uber para testar carros autônomos

Da Redação
15/05/2017 - 11h09
Unidade de carros autônomos da Alphabet, Waymo, está trabalhando com a startup Lyft para testar tecnologia em ruas públicas dos Estados Unidos

A estrada que pavimenta a tecnologia para carros autônomos acaba de ficar um pouco mais interessante. A Alphabet, que detém o Google e a unidade de carros autônomos Waymo, está trabalhando com a Lyft, startup de transporte individual que é a maior concorrente do Uber nos Estados Unidos. A parceria foi reportada inicialmente pelo New York Times neste domingo (14).  

Vale ressaltar que a Waymo tem travado uma luta judicial contra a Uber e sua startup Otto, companhia que desenvolve caminhões autônomos - alegando que ambas estavam usando propriedade intelectual roubada. A Otto, comprada pelo Uber no ano passado, foi cofundada por um ex-funcionário da Waymo chamado Anthony Levandowski, que agora lidera a divisão de carros sem motorista do Uber. No entanto, antes de sair, Levandowski teria baixado "mais de 14.000 arquivos de design altamente confidenciais e proprietários" de sua antiga empresa em dezembro de 2015. O Uber nega as acusações. 

A parceria entre Waymo e Lyft sugere que é improvável que a Alphabet reative seu relacionamento com o Uber, mesmo que o braço de investimentos da gigante de tecnologia ainda considere a empresa de Travis Kalanick como o seu maior investimento. As tensões entre as duas devem aumentar agora que a Alphabet mostra interesse em desenvolver um serviço para competir com o Uber.

A Waymo segue realizando testes públicos usando minivans Chrysler equipadas com sua tecnologia autônoma em Phoenix. O Uber também tem testado carros autônomos em outras cidades dos Estados Unidos.  

A Lyft, que é a segunda maior empresa nos Estados Unidos em transporte individual, também está trabalhando em tecnologia autônoma com a General Motors, que investe na startup. 

"A Waymo conta hoje com a melhor tecnologia para carros autônomos e colaborar com eles irá acelerar nossa visão compartilhada de melhorar a vida das pessoas com o melhor transporte do mundo", escreveu a Lyft em comunicado.   

Para expandir seus testes, a Waymo deve ampliar sua frota de veículos. A companhia conta com cerca de 600 Chrysler Pacificas e tem mantido conversas com a Honda Motor para levar sua tecnologia aos carros da montadora japonesa.