LG se prepara para mostrar novos smartphones da linha K na CES 2017

PC World / EUA
22 de dezembro de 2016 - 16h11
Após fracasso do top de linha G5, fabricante sul-coreana parece estar mudando a sua estratégia de mercado, focando mais nos aparelhos simples e intermediários.

Apesar de a maior parte da atenção em torno da LG ser focada no G6, o suposto sucessor do smartphone modular G5, a empresa está planejando apresentar alguns novos celulares na CES deste ano com o objetivo de levar recursos top de linha para os aparelhos mais acessíveis.

O foco principal é aumentar sua linha de aparelhos K, com nada menos do que quatro novos aparelhos com telas entre 4,5 polegadas e 5,3 polegadas. O top de linha K10 é uma atualização relativamente menor ao modelo existente, trazendo um processador octa-core da MediaTek de 1.5GHz, bateria maior, e design um pouco mais fino e leve. A LG também adicionou um leitor de impressão digital na parte traseira do aparelho, juntamente com uma câmera frontal de 5MP e a mesma câmera traseira de 13MP do LG G5.

Já o K8 e o K4, ambos com telas de 5 polegadas, trazem câmeras traseira um pouco menos robustas, preferindo focar mais nas selfies. A câmera frontal de 5MP traz o recurso Gesture Shot, que “tira uma selfie em resposta a um sinal com a mão, eliminando a necessidade de apertar o botão do obturador”. Por fim, o K3 possui uma tela de 4,5 polegadas e uma câmera traseira de 5MP. O K10 e o K8 vão rodar o Android Nougat logo de cara, enquanto que os modelos mais simples chegarão com o mais antigo Android 6.0.1 Marshmallow.

Juntamente com sua série K expandida, a LG também vai lançar a terceira geração do seu smartphone Style, que traz tela de 5,7 polegadas e uma caneta Stylus. Essencialmente uma versão maior do LG K10, o aparelho traz as mesmas câmeras e processador da MediaTek do modelo menor, mas com uma bateria maior. O Style também já chega com o Android Nougat, mas a LG adicionará vários apps e recursos feitos para interatividade com a sua nova caneta Stylus com ponta de 1,8mm.

A LG não anunciou ainda o preço ou data de lançamento para os seus novos smartphones. 

Por que isso importa

A LG falhou em mexer de verdade com os consumidores em 2016, mesmo tendo lançado dois smartphones top de linha, e a ampliação da sua linha K pode marcar uma mudança na estratégia da empresa sul-coreana. Com a Samsung e agora o Google comandando a maioria das atenções no mercado premium, a LG claramente está querendo capitalizar entre a parcela de consumidores que não querem necessariamente ter o melhor do melhor.