5 dicas para evitar problemas na hora de jogar Pokémon Go no Brasil

luiz.mazetto@nowdigital.com.br
04 de agosto de 2016 - 11h59
Para evitar repetir casos de acidentes e roubos que aconteceram nos EUA, é preciso seguir algumas regrinhas básicas antes de sair caçando monstros por aí.

Lançado oficialmente no Brasil nesta quarta-feira, 03/08, o game Pokémon Go pode oferecer riscos para quem caçar monstrinhos pela cidade. Vale lembrar de casos recentes nos EUA, em que um motorista bateu o carro em uma árvore e outras pessoas tiveram seus smartphones roubados.

Pensando nisso, a corretora de seguros Bidu separou algumas dicas para que os gamers brasileiros possam jogar Pokémon Go em segurança.

Pokémon e direção não combinam

Essa é óbvia, mas não custa lembrar. Nada de tentar capturar um novo Pokemón enquanto dirige, isso pode ser bem perigoso. Além dos riscos de causar um acidente, você poderá sofrer uma multa de R$85,13 e perder 4 pontos na CNH. Sem contar que, em caso de acidente, sua seguradora não irá cobrir os danos, afinal de contas mexer no celular e dirigir não é permitido e nem é uma boa ideia.

Cuidado com a ‘Equipe Rocket’

No desenho, eles são os vilões que tentam roubar os pokémons do protagonista, Ash. E, infelizmente, existem pessoas esperando você se distrair para roubar o seu celular. Fique atento: nada de ir à lugares sem muito movimento, evite andar sem prestar atenção na movimentação e nada de ficar com o aparelho na mão em locais perigosos e em transportes públicos. Você não terá um Pikachu para te proteger.

Olhe para frente

Sabemos que você está ansioso pelo jogo, mas não ande por aí só de olho no celular. Além de aumentar as chances de você ter um problema na coluna, há uma grande chance de você se machucar (e machucar outras pessoas). Ande sempre de olho por onde anda, principalmente na rua e em plataformas de trens e metrôs.

Nada de invadir locais privados

Não seria nada legal você ser preso enquanto captura um Bulbasaur. Cuidado para não se empolgar demais e entrar em locais privados, como casas, hotéis ou lugares onde você precisa pagar para entrar. Não vale a pena ser repreendido por invasão de propriedade , certo?

Contrate um seguro

Pode ser que você dê o azar de cruzar com alguma Equipe Rocket e ser roubado. Ou você pode estar quase chegando no local exato de onde está o tão sonhado Pikachu e, de tanta emoção, deixar o celular cair e ver a tela novinha rachar. Nada legal, até porque um smartphone pode custar bem caro. O iPhone 6s Plus, por exemplo, custa R$4.028 na loja da Apple. Já o concorrente, da Samsung, o S7 Edge, sai por R$4.299. É bastante dinheiro para você perder de uma hora para outra.