Carro sem motorista do Google causa seu primeiro acidente nos EUA

Da Redação
01 de março de 2016 - 13h07
Veículo autônomo acertou lateral de ônibus em baixa velocidade na Califórnia. Google diz que ainda estamos muito longe de vias sem motoristas humanos.

Os carros autônomos do Google causaram o seu primeiro acidente nos EUA, de acordo com o The Verge. Segundo o site especializado, o acidente causado pelo veículo sem motorista da gigante de buscas aconteceu em fevereiro na Califórnia.

A informação foi revelada primeiro pelo jornalista Mark Harris, que relatou em seu Twitter que um dos SUVs Lexus sem motorista do Google tinha acertado a lateral de um ônibus em baixa velocidade.

O The Verge teve acesso ao relatório de direção autônoma de fevereiro do Google, que traz confirma o caso e traz um trecho significativo sobre o acidente. 

“Nossos carros autônomos passam muito tempo no El Camino Real, um amplo boulevard de três pistas em cada direção que passa pela cidade natal do Google, Mountain View, e vai até a península pela Baía de San Francisco. Com centenas de conjuntos de semáforos e centenas de intersecções, essa artéria cheia e histórica nos ajudou a aprender muito nos últimos anos. E no Dia dos Namorados (14/2), nos deparamos com um conjunto complicado de circunstâncias no El Camino que nos ajudou a melhorar uma habilidade importante para navegar em vias parecidas”, afirma o Google no documento, que deve ser liberado amanhã, 2/3 - a empresa ainda diz ter revisado o acidente com detalhes em seu simulador.

“Estamos a muitos e muitos anos de uma estrada livre de motoristas humanos, e, até lá, os carros autônomos vão ocasionalmente bater nas coisas. Apenas aconteceu que essa primeira batida foi diretamente atribuível ao carro, não a outro motorista na estrada, e tudo se resume a um pouco de julgamento ruim (surpreendentemente humano”, finaliza o Google.