Aplicativo brasileiro de caronas Tripda anuncia fim das atividades

Da Redação
29 de fevereiro de 2016 - 16h58
Criado em 2014 em São Paulo, serviço estava presente em 13 países e tinha recebido investimentos de cerca de US$11 milhões.

A startup brasileira de caronas compartilhadas Tripda anunciou nesta segunda-feira, 29/2, o fim das suas atividades. A partir de 4 de março, a empresa criada em São Paulo em 2014 deixará de operar por “custos elevados”, conforme comunicado publicado no site da companhia.

“Dado o crescente desafio de financiar o nosso desenvolvimento, sentimos muito e não poderemos continuar nessa carona. É o fim de nossa viagem, mas ainda há a continuidade de toda uma jornada”, afirma a Tripda.

Presente em mais de 13 países, incluindo EUA, Índia, Paquistão e Singapura, o aplicativo de transporte chegou a receber investimentos na casa dos 11 milhões de dólares da incubadora alemã Rocket Internet e outras empresas não reveladas.

Todas as viagens agendadas pelo Tripda até a sexta-feira, 4/3, poderão ser realizadas normalmente, afirma a empresa em seu comunicado.

Vale lembrar que o BlaBla Car, um dos principais rivais do Tripda, começou a operar no Brasil em novembro de 2015.