Mastercard vai usar selfies para aprovar pagamentos online

IDG News Service
23/02/2016 - 15h03
Aplicativo para iOS e Android visa fornecer maior segurança em compras online

A Mastercard está trabalhando em um novo aplicativo que visa fornecer maior segurança quando você comprar coisas em lojas virtuais. Ao invés de apenas solicitar uma senha, a ferramenta pedirá que você verifique sua identidade com uma selfie.

O app será lançado no segundo trimestre para smartphones, tablets e PCs e estará disponível, inicialmente, nos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Holanda, Bélgica, Espanha, Itália, França, Alemanha, Suíça, Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca, segundo a BBC. A Mastercard disse que está testando o recurso desde o verão passado. 

Com a checagem a base de selfie, usuários terão de piscar para a câmera para prevenir a falsificação do sistema de foto. Outra alternativa é que usuários poderão verificar a si mesmos com a impressão digital através de sistemas como o Touch ID da Apple. A companhia disse que transmitirá tais dados de uma forma que eles não poderão ser roubados ou usados por cibercriminosos. 

Na maioria dos casos, compras online não requerem verificação extra, apenas informações do cartão de crédito. Mas ocasionalmente, a Mastercard poderá pedir por uma senha quando suspeita de uma transação fraudulenta. Usuários que tiveram o app da companhia instalado receberão uma notificação, solicitando que eles posem para a câmera ou deem sua impressão digital – isso se os usuários de fato tiverem o aplicativo instalado. 

A ideia é criar um sistema mais conveniente para a verificação de identidade, permitindo que a companhia de cartão de crédito previna casos de fraude com maior frequência.

Como a BBC salienta, os custos de fraude normalmente são repassados para os comerciantes sob a forma de taxas de transação, então um sistema melhor poderia potencialmente baixar tais taxas. 

Por que isso importa

A identificação biométrica está se tornando rapidamente uma norma em dispositivos móveis, a medida que aparelhos iOS e Android suportam agora sistemas de pagamentos com apenas a impressão digital. 

O plano da Mastercard soa como uma forma de reunir todos os sites que não contam com recursos de biometria instalados, e para telefones que não contam com leitores de impressão digital. Apesar da verificação baseadas em selfie não ser totalmente infalível, ela fornece, pelo menos, uma camada de proteção extra contra o roubo de dados de cartões de crédito.