Samsung Galaxy S7 chega com proteção à água e volta do slot microSD

Luiz Mazetto, de Barcelona*
21/02/2016 - 22h28
Fabricante sul-coreana apresentou melhorias interessantes no Galaxy S7 e S7 Edge, mas nenhuma inovação durante evento grandioso em Barcelona.

A Samsung fez o que todos esperavam e anunciou na noite neste domingo, 21/2, os mais novos modelos da sua linha carro-chefe de smartphones Galaxy S.

Apresentados em Barcelona antes do início oficial do Mobile World Congress 2016, que começa nesta segunda, 22/2, os aparelhos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge trazem melhorias interessantes em relação aos antecessores, mas arriscam pouco.

Em um evento grandioso para cerca de 5 mil pessoas, a Samsung apostou em um cenário diferente, com direito a telão e palco 360 graus, e no uso de ferramentas diferentes, como o seu óculos de realidade virutal, Gear VR, colocado em cada uma das cadeiras dos convidados neste domingo para deixar a apresentação com “outra cara”.

Apesar disso, os novos smartphones com telas de 5,1” e 5,5” trazem poucas novidades significativas em relação aos seus antecessores Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge, respectivamente.

Como já havia sido apontado anteriormente, a Samsung trouxe de volta os slots microSD para aumentar a capacidade de armazenamento dos smartphones, disponíveis em versões de 32GB e 64GB na nova linha – o recurso de microSD existia em modelos anteriores, mas tinha sido abandonado no Galaxy S6.

Além disso, os celulares top de linha da Samsung finalmente passaram a ser resistentes à água – segundo a companhia, possuem o certificado IP68, o que significa que aguentam até 30 minutos debaixo da água em uma profundidade de no máximo um metro e meio. Mas isso já existia em diversos rivais antes, incluindo aparelhos da Sony.

Outra novidade interessante, mas que perdeu um pouco do brilho, é o recurso de tela sempre ligada, que já tinha sido anunciada algumas horas antes justamente pela rival LG com o seu carro-chefe LG G5, que importou a ideia de outro celular da própria LG, o V10.

samsungmwc201601.jpg

Apesar de trazer redução na resolução, as câmeras do Galaxy S7, que foram de 16MP para 12MP na traseira e mantiveram 5MP na frontal, estão melhores neste nova linha GS7, aponta a Samsung. A razão para isso, afirma a fabricante, é a tecnologia Dual Pixel e a abertura maior (1.7), que permitem focar e fazer fotos de um objeto com mais rapidez.

A Samsung anunciou ainda que os smartphones começam a ser vendidos em março, mas não revelou quando chegam ao Brasil.

samsungmwc201602.jpg

Câmera 360 graus

Outra coincidência entra as rivais é que a Samsung também anunciou a sua própria câmera de 360 graus neste domingo. Chamada de Gear 360, a câmera possui duas lentes olho de peixe com capacidade de 15MP e é compatível com os novos Galaxy S7 e S7 Edge, além dos aparelhos da linha Galaxy S6 e Galaxy Note 5. 

Os conteúdos criados são compatíveis com o Facebook, cujo CEO Mark Zuckerberg tomou o palco da Samsung para surpresa geral para falar sobre a parceria entre as duas empresas no mercado de realidade virtual - o Gear VR, da Samsung, roda a plataforma Oculus, comprada recentemente por Zuckerberg.

*o jornalista viajou para Barcelona a convite da Intel