Novo smartwatch fitness Moto 360 Sport chega ao Brasil por R$2 mil

Luiz Mazetto
19/01/2016 - 14h26
Compatível com aparelhos Android e iPhones, relógio da Motorola permite ouvir música sem o smartphone. Aparelho chega nesta semana ao país.

A Motorola anunciou nesta terça-feira, 19/1, o lançamento no Brasil do seu smartwatch focado em atividades físicas e esportivas, o Moto 360 Sport. O aparelho roda o sistema Android Wear e é compatível com aparelhos Android (a partir de 4.3) e iPhones (a partir do iOS 8.2).

Vale notar que essa é a segunda geração do smartwatch da Motorola, que chega ainda hoje à loja online da empresa no Brasil e até o fim do mês às principais redes de varejo e às lojas da Vivo. Disponível em diferentes cores nos EUA, o Moto 360 terá apenas a versão preta vendida no Brasil. 

O Moto 360 Sport mantém o mesmo design circular dos outros aparelhos da linha, mas traz um visual menos formal. Segundo a Motorola, no momento não há planos de trazer a “versão padrão” do Moto 360 de segunda geração ao Brasil. A empresa diz que o Moto 360 Sport permite que o produto alcance um público mais amplo já que traz basicamente todos os recursos do Moto 360 padrão e ainda tem alguns diferenciais, como GPS integrado e tela AnyLight, que possui uma tecnologia que deixa o display visível em qualquer ambiente.

Outras novidades importantes incluem uma versão melhorada do serviço Moto Body, que mede diversos dados do usuários, como passos, frequência cardíaca, calorias e faz uma análise sobre tudo isso, que é enviada semanalmente via e-mail para o dono do produto – esse recurso, no entanto, só está disponível para usuários Android.

O Moto 360 Sport também é resistente à poeira e pingos d'água (IP67), podendo ser usado para correr na chuva, por exemplo.

Uma melhoria e tanto que deve agradar aos usuários é a possibilidade de ouvir música apenas com o smartwatch, podendo deixar o smartphone no carro ou em casa na hora de correr ou caminhar. Para isso, basta contar com um fone Bluetooth.

O aparelho possui 4GB de armazenamento interno e bateria que dura até um dia inteiro, de acordo com a Motorola.

Com preço sugerido de 2 mil reais, o Motor 360 Sport custa quase duas vezes mais do que a primeira geração do smartwatch, que é vendida no Brasil por 1.100 reais. A empresa aponta o dólar alto como um dos principais responsáveis por esse valor elevado.