Motorista do Uber é espancado por taxistas em Porto Alegre

Da Redação
27 de novembro de 2015 - 12h18
Acusados já foram detidos pela polícia e reconhecidos pela vítima, que apresenta diversos hematomas no rosto. Uber disse que oferece apoio ao motorista.

Um motorista do Uber foi espancado por dois taxistas em Porto Alegre nesta quinta-feira, 26/11. Em entrevista ao jornal Zero Hora, o motorista Bráulio Escobar alega que foi agredido no estacionamento de um supermercado na capital gaúcha.

Os acusados foram detidos pela polícia local e reconhecidos pela vítima, que apresentava diversos hematomas no rosto durante a entrevista (veja aqui).

Vale notar que o Uber começou a operar há poucos dias em Porto Alegre, onde já enfrenta muita resistência. Nesta semana, vereadores da cidade aprovaram um projeto de lei que proíbe o funcionamento do aplicativo na capital – agora a medida precisa ser sancionada pelo prefeito José Fortunati (PDT) para passar a valer.

Em nota ao IDG Now!, o Uber disse que se solidariza com o motorista e classificou o ocorrido como “inaceitável”. Veja abaixo o comunicado na íntegra:

 

“Neste momento, a Uber se solidariza com o motorista parceiro, vítima de um ataque em Porto Alegre. O uso de violência em qualquer forma, sobretudo contra cidadãos trabalhadores, é inaceitável. A Uber está oferecendo todo o apoio ao motorista atacado e todas as medidas legais cabíveis serão tomadas. Vamos colaborar com as autoridades locais durante a investigação.”