Facebook finalmente explica por que te obrigou a baixar o app Messenger

Da Redação
07 de novembro de 2014 - 12h51
Segundo o CEO Mark Zuckerberg, ideia do lançamento de app separado é tornar a experiência mais rápida e focada, como acontece em plataformas específicas.

O Facebook finalmente se pronunciou sobre a razão para ter obrigado todos os seus usuários mobile a baixarem o aplicativo separado Messenger para poder continuar usando o serviço de mensagens da empresa.

A aguardada explicação foi dada nesta semana pelo CEO da rede social, Mark Zuckerberg, durante uma sessão de perguntas e respostas transmitida ao vivo pelo site.

Confira abaixo a resposta na íntegra:

“Fico agradecido pelas perguntas difíceis. Nos mantém honestos. Precisamos poder explicar claramente por que o que estamos pensando é bom. Pedir a todos da nossa comunidade para instalar um novo aplicativo é um enorme pedido. Agradeço que tenha existido trabalho e atrito exigido. Queríamos fazer isso porque acreditamos que essa é uma experiência melhor. Enviar mensagens é algo que está ficando cada vez mais importante. No mobile, nós pensamos que cada app só consegue se focar em fazer uma coisa bem. O propósito principal do aplicativo do Facebook é o Feed de Notícias. Enviar mensagens era esse comportamento que as pessoas estão fazendo mais e mais. 10 bilhões de mensagens são enviadas por dia, mas para chegar até você era preciso esperar o app carregar e ir até uma aba separada. Nós vimos que os principais aplicativos de mensagens que as pessoas estavam usando eram um aplicativo específico, separado. Esses apps que são rápidos e apenas focados em mensagens. Você provavelmente está enviando mensagens 15 vezes por dia para as pessoas. Ter de entrar em um app e tomar vários passos  para chegar até as mensagens é muito atrito.

Trocar mensagens é uma das poucas coisas que as pessoas fazem mais do que navegar em redes sociais. Em alguns países, 85% das pessoas estão no Facebook, mas 95% das pessoas usam SMS ou serviços de mensagens. Pedir às pessoas para instalar outro app é algo um pouco chato, mas se quiséssemos servir bem essa função, tínhamos de criar uma experiência dedicada e focada.

Nós construímos para toda a comunidade. Por que não deveríamos deixar as pessoas escolherem instalar o app por conta própria e no seu próprio ritmo? A razão é que o que estamos tentando fazer é construir um serviço que seja bom para todos. Como o Messenger é mais rápido e mais focado, quando você está usando o app, responde as mensagens de forma mais rápida. Se os seus amigos são mais lentos para responder, nós podemos não ter atendido isso.

Isso é uma das coisas mais difíceis que fazemos, que é tomar escolhas. Percebemos que temos muito a aprender em termos de confiança e provar que essa experiência separada de mensagens será realmente boa. Temos algumas das nossas pessoas mais talentosas trabalhando nisso.”