Texto t e x t o texto t e x t o texto t e x t o texto t e x t o texto t e x t o texto t e x t o texto

Aprenda a acessar o e-mail pelo celular

Daniela Moreira, repórter do IDG Now!
17/05/2007 - 08h00 - Atualizada em 15/03/2012 - 14h59
São Paulo - Das aplicações mais simples, como SMS, até os smartphones, que sincronizam em tempo real.

email_semfio_88x66E-mail móvel: você ainda vai ter um. Este pode ser considerado o mote de um estudo do Gartner que prevê que até 2009, 100 milhões de pessoas vão utilizar serviços de e-mail sem fio em todo o mundo. Na visão da consultoria, as aplicações de acesso móvel ao correio eletrônico podem estar restritas aos altos executivos de companhias hoje, mas em breve se tornarão tão comuns quanto o e-mail tradicional.

Das aplicações mais simples, como alertas de SMS, que podem ser utilizadas até nos celulares mais básicos para acompanhar tudo o que chega na caixa de mensagem, até as soluções mais sofisticadas, que sincronizam mensagens, contatos e agenda nos smartphones top de linha, o e-mail móvel está disponível em diversos sabores.

Confira a seguir as principais formas de acessar a conta de e-mail pelo celular e escolha a que melhor se encaixa no seu perfil.

Correio teleguiado

Os dias de espera ao lado do computador aguardando aquele e-mail urgente estão contados. Com os alertas por SMS oferecidos pelas operadoras celulares, é possível receber torpedos com o nome do remetente e com o título dos e-mails que chegam ao correio eletrônico - alguns serviços oferecem inclusive a opção de baixar o restante da mensagem, caso o usuário queira.

Outros destaques do IDG Now!:
> Designers elegem 10 objetos de desejo
> Conheça o Hall da Fama dos robôs
> Quanto ganha o profissional de tecnologia?
> O que fazem os 4 maiores computadores do Brasil
> Conheça os aviões-robôs

Antes de imaginar todas as aquelas piadas do colega do trabalho inundando também o seu celular, muita calma! É possível filtrar os alertas que você quer receber pelo remetente ou pelo assunto, além de definir o horário em que você quer que os avisos sejam enviados.

O serviço pode ser configurado com uma conta já existente, desde que ela ofereça acesso POP ou IMAP. O preço por alerta recebido varia de operadora para operadora. As operadoras também oferecem endereços próprios que podem ser configurados para o envio de alertas.  

> Brasil Telecom
> Claro
> Oi
> Telemig
> TIM
> Vivo

Navegue à vontade

Se o seu celular tem navegador no padrão WAP (praticamente todos os celulares têm), outra alternativa para acessar o e-mail é o próprio browser. Normalmente o menu de opções das operadoras no navegador já traz alguns links diretos para os serviços gratuitos mais populares de e-mail, como Hotmail, BOL, UOL, Terra, iG, Yahoo! e Gmail.

Mas se este não for o caso, é possível digitar no navegador o endereço do seu provedor e navegar pelas mensagens. Ao acessar a página, você terá um campo de e-mail e senha para preencher, como na versão online.

A tarifação é a mesma que para navegação na internet: você paga pela quantidade de bytes transferidos. Algumas operadoras oferecem pacotes de dados mais econômicos.

Confira alguns endereços de e-mails que podem ser acessados pelo WAP:

Gmail: http://m.gmail.com
UOL: http://w.uol.com.br
Yahoo!: http://m.yahoo.com
Terra: http://wap.terra.com.br
iG: http://wap.igcelular.com.br

Conta configurada

Mas se você quer ter seu e-mail sempre configurado no aparelho, para acessar mais facilmente sempre que quiser, é possível fazer isso de duas formas. Uma é pelo próprio menu de links que as operadoras oferecem. Além dos serviços padrão, é possível acrescentar sua conta (desde que ela tenha acesso POP ou IMAP) na lista da operadora. As instruções passo-a-passo variam para cada operadora (veja alguns exemplos abaixo):

>Brasil Telecom
>Claro
>Telemig
>Vivo

Outra alternativa é utilizar os próprios aplicativos de e-mail que vêm embarcado nos telefones mais modernos - não da operadora, mas do fabricante -, configurando sua conta pessoal no aparelho. Nos dois casos, a cobrança também é feita pelo volume de dados transmitidos - os arquivos de texto normalmente são pequenos.

Push Mail


Mas todas essas tecnologias trazem uma desvantagem principal em relação ao que é considerado o estado da arte em e-mail móvel: os sistemas “push”. Os sistemas acima atendem bem aos usuários que querem verificar ocasionalmente suas mensagens por celular, mas não são suficientes para quem precisa estar sempre sincronizado com a sua caixa de mensagens.

Os chamados sistemas push fazem a sincronia em tempo real com o correio eletrônico, fazendo com que qualquer e-mail recebido na conta do usuário apareça imediatamente na tela do celular. Outro requisito para quem usa o e-mail móvel como ferramenta de trabalho é a possibilidade de abrir uma ampla variedade de formatos de arquivo anexo, como PDF, Word, Excel, fotos, áudio, entre outros.

Por conta destas demandas, os smartphones, com sistemas operacionais mais robustos, telas maiores, outros aplicativos - incluindo mensagem instantânea - e, de preferência, com teclados QWERTY (com todas as letras do alfabeto), tornam-se a plataforma mais adequada - embora não exclusiva - para este tipo de uso de e-mail.

Mas o principal diferencial destes aparelhos é que alguns já trazem embutidos os chamados recursos “push”, que fazem a sincronia do dispositivo móvel com as aplicações para desktop. Os smartphones com sistema operacional Windows Mobile 6, por exemplo, incorporam a tecnologia Microsoft Direct Push para sincronia e já trazem o Outlook Mobile, versão portátil do já conhecido software de e-mail da Microsoft.

Já os smartphones Treo, com Palm OS, trazem uma aplicação chamada VersaMail, que não é propriamente “push” - ou seja, em tempo real -, mas permite agendar a verificação de tempos em tempos, o que possibilita agendar curtos intervalos de checagem tendo uma atualização quase sincrônica.

Para otimizar o uso destes recursos, o usuário pode se valer de pacotes de dados, já que a cobrança é feita por bytes transmitidos, ou contratar serviços “push” à parte, como o Smart Mail, da Vivo, que por 69,90 reais mensais, possibilita acesso em tempo real ao Microsoft Outlook ou Lotus Notes corporativos ou contas pessoais de e-mail IMAP e POP3, além de navegação livre na web.

Blackberry

Se nenhuma destas soluções satisfez seus desejos, resta a cereja do bolo: o BlackBerry. O smartphone com nome de fruta silvestre, lançado em 1999, fez com que o “push mail” caísse nas graças de nada menos que oito milhões de usuários, tornando-se sinônimo de e-mail móvel.

Tamanha é a dependência dos usuários do pequeno aparelho, que quando a rede da Research In Motion (RIM) ficou fora do ar por algumas horas na América do Norte no último mês, choveram reclamações e protestos de "viciados" em BlackBerry que não conseguiram acessar e enviar suas mensagens.

Apesar de toda a popularidade de que goza no exterior, o BlackBerry só chegou ao usuário final no Brasil em meados do ano passado, pelas mãos da TIM, com planos mensais de 69,90 reais, para uso ilimitado de e-mails, e 79,90 reais, para uso ilimitado de e-mails e navegação na internet.

Hoje já é possível adquirir os serviços de sincronia de e-mail da RIM, criadora do Blackberry, pela Claro (75 reais ao mês, com e-mail e navegação livre), pela Nextel (75 reais, com sincronia de e-mail e navegação por GPS). Vivo, que está promovendo um piloto entre usuários corporativos, planeja oferecer o serviço para Pessoa Física também.