RIM registra desaceleração no volume de novos usuários do BlackBerry

IDG News Service/Taiwan
19/06/2009 - 13h25
Taipé - Fabricante teve lucro líquido de US$ 643 milhões e receita de US$ 3,42 bilhões no 1º trimestre fiscal. Vendas ficaram estáveis.

A RIM, fabricante do BlackBerry, viu uma pequena desaceleração no crescimento no número de novos usuários dos serviços do smartphone em seu primeiro trimestre fiscal, cujos resultados foram anunciados nesta sexta-feira (19/06).

A companhia afirmou que 3,8 milhões de novos assinantes dos serviços do BlackBerry foram cadastrados no trimestre que encerrou no dia 30 de maio, comparados aos 3,9 milhões de novas contas no quarto trimestre fiscal do ano passado. É a segunda vez que a companhia registra redução no crescimento do número de assinantes. A primeira foi em 2006.

A queda pode ser um sinal de que a RIM está enfrentando maior competição de aparelhos rivais, como o iPhone, da Apple, ou os novos smartphones com Android, o sistema operacional do Google. Analistas haviam previsto um crescimento mais forte no número de usuários do BlackBerry.

As ações da RIM caíram 0,6% após o anúncio, ficando em 76,06 dólares cada.

O crescimento nas vendas do aparelho, porém, se manteve estável em relação ao trimestre anterior, com um total de 7,8 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre fiscal.

A RIM registrou receita de 3,42 bilhões de dólares no trimestre, crescimento de 53% em relação aos 2,24 bilhões do mesmo período em 2008. O lucro líquido cresceu de 482,5 milhões de dólares no ano passado para 643 milhões de dólares neste ano. A base de assinantes dos serviços do BlackBerry, segundo a companhia, é de 28,5 milhões de pessoas.

Dan Nystedt e Owen Fletcher, editores do IDG News Service, de Taiwan