Desvalorização do dólar afeta resultado da Nokia no segundo trimestre

IDG News Service/Estocolmo
17/07/2008 - 10h11
Estocolmo - Fabricante de celulares registrou lucro 1,75 bilhão de dólares, uma queda de 61% em relação ao rendimento do segundo trimestre de 2007.

A Nokia registrou lucro de 1,1 bilhão de euros (1,75 bilhão de dólares) no segundo trimestre de 2008, uma queda de 61% em relação ao mesmo período do ano passado, quando lucrou 1,26 bilhão de euros, informou a empresa nesta quinta-feira (17/07).

No entanto, a empresa ressaltou que sua receita no último trimestre superou as expectativas dos analistas, somando 13,2 bilhões de euros, o que representa uma alta de 4% em relação ao segundo trimestre de 2007. O resultado ainda abre um cenário positivo para a fabricante de celulares no próximo semestre, avaliou o Chief Executive Officer (CEO) da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo.

Com a venda de 122 milhões de dispositivos, no segundo trimestre, a empresa elevou sua participação de mercado em 21%, em relação ao ano passado, destacou Kallasvuo.

Seguindo as previsões, o valor médio dos aparelhos continua caindo. No segundo trimestre de 2008, o preço do celular ficou na média de 74 euros, abaixo dos 79 euros calculados nos primeiros três meses do ano. Cerca de 40% da queda se deve ao impacto da desvalorização do dólar, que continua afetando a líder do mercado de celulares, assim como outras companhias que não são norte-americanas.

Mikael Ricknäs, editor do IDG News Service, de Estocolmo.