Menor rádio do mundo tem um milésimo do diâmetro de um fio de cabelo

Redação do IDG Now!
01/11/2007 - 16h01
São Paulo - Dispositivo só pode ser observado em um microscópio eletrônico e é 100 bilhões de vezes menor que os primeiros rádios comerciais.

Físicos da Universidade da Califórnia em Berkeley construíram o menor rádio do mundo, feito a partir de um nanotubo de carbono com um milésimo do diâmetro de um fio de cabelo.

Os cientistas conseguiram receber a primeira transmissão em FM no microrádio com sucesso no último ano. As canções Layla, interpretada por Derek & The Dominos, e Good Vibrations, dos Beach Boys, foram enviadas de um lado a outro da sala.

Em homenagem ao aniversário de 100 anos do rádio, eles também transmitiram a primeira música tocada no rádio, em 1906 - Largo, da ópera Xerxes, de George Frederic Handel.

O pequeno rádio só pode ser observado em um microscópio eletrônico. Os cientistas sabem que o rádio está na freqüência certa quando ele vibra, borrando a imagem.

O nanorádio foi configurado como receptor, mas também pode funcionar como transmissor.

O dispositivo é 100 bilhões de vezes menor que os primeiros rádios comerciais e poderá ser usado em aplicações diversas, como celulares ou sensores microscópicos que podem passar informações sobre o ambiente por rádio.

As aplicações podem ser ainda mais radicais, como dispositivos radiocontrolados circulando na corrente sanguínea.