Airbnb: metade dos anfitriões brasileiros aluga imóvel por renda extra

Da Redação
25 de setembro de 2018 - 09h00
Levantamento da empresa também aponta que 44% dos anfitriões do app no país consideram os ganhos essenciais para fechar as contas no fim do mês.

Cerca de metade (53%) dos anfitriões brasileiros do Airbnb alugam imóveis pela plataforma para garantir uma renda extra no fim do mês, conforme um levantamento da empresa. De acordo com o Airbnb, um anfitrião típico consegue uma renda extra de 5.500 reais ao ano, em média, no Brasil. 

A companhia também revelou que 44% dos brasileiros que alugam imóveis/quartos pelo seu serviço disseram que esse dinheiro adicional é essencial para fechar as contas da casa. Para efeito de comparação com nossos vizinhos da América do Sul, esse percentual é de 29% no Chile e de 33% na Colômbia. 

Além disso, 39% dos anfitriões brasileiros cadastrados na plataforma se declararam autônomos e 29% disseram possuir um emprego em tempo integral – o que reforça essa característica de renda extra citada acima. Por fim, 4% deles afirmaram estar desempregados.

Perfil

Atualmente, o Brasil possui 117 mil anfitriões ativos no Airbnb, dos quais 52% são mulheres e 48% são homens. A idade média dessas pessoas é de 43 anos, conforme a plataforma, sendo que 12% dos anfitriões tem mais de 60 anos.

A maior parte (71%) dos anúncios de brasileiros no Airbnb é de imóveis inteiros, enquanto que 27% são quartos privativos e 2% quartos compartilhados. Além dos próprios brasileiros, os argentinos, americanos, franceses e chilenos respondem pela maior parte dos hóspedes recebidos por anfitriões em nosso país.