Prefeitura de SP premiará iniciativas que buscam inovar a gestão da cidade

Da Redação
30 de agosto de 2018 - 12h00
Premia Sampa visa destacar ideias inovadoras para a gestão eficiente da cidade e boas práticas da administração municipal. Inscrições vão até o dia 3 de setembro

A Prefeitura de São Paulo lançou a nova edição do prêmio que busca valorizar soluções para uma gestão eficiente da cidade e boas práticas da administração municipal. Batizado de Premia Sampa, a iniciativa tem categorias destinadas tanto aos servidores públicos quanto para organizações da sociedade civil, além de startups, universidades e empresas. As edições anteriores do prêmio aconteceram em 2007 e 2008, quando destacou projetos relacionados a temas como resíduos sólidos, moradia coletiva, pontos de leitura e uso da cor na urbanização das favelas, 

A edição de 2018 traz as categorias “Inovação em Processos Internos” e “Inovação em Serviços e Políticas Públicas”. Elas são destinadas a membros da administração direta e indireta, assim como a representantes da Câmara Municipal de São Paulo e do Tribunal de Contas do Município de São Paulo.

“Boas ideias e projetos inovadores podem estar em qualquer lugar. Precisamos mobilizar os servidores públicos em torno deste tema, inspirando a criação de uma verdadeira rede de inovação, que pode acontecer na educação, cultura, lazer ou até mesmo na área administrativa”, resumiu Sérgio Avelleda, secretário municipal de Gestão.

Já a categoria “Inovação Aberta” permite a indicação de projetos de representantes da sociedade civil, como empresas, startups, organizações sociais e de ensino, que utilizem dados públicos ou que tenham sido desenvolvidos em parceria com órgãos municipais.

“Queremos transformar São Paulo em um dos principais hubs de inovação da América Latina. A participação e a contribuição da sociedade na indicação de soluções inovadoras para os problemas da cidade é parte fundamental deste processo”, complementou Daniel Annenberg, secretário municipal de Inovação e Tecnologia.

Informações detalhadas sobre as inscrições, que podem ser feitas até 3 de setembro, assim como critérios de avaliação, estão disponíveis no link