Facebook inicia registro para candidatos marcarem anúncios políticos

Da Redação
09/08/2018 - 16h50
Brasil é o segundo país no mundo onde a companhia lançou a possibilidade de marcar anúncios relacionados à política

O Facebook deu início ao registro para candidatos e partidos marcarem anúncios políticos dentro da rede social. O Brasil, com seus 127 milhões de usuários do Facebook, é o segundo país no mundo onde a companhia lançou a possibilidade de sinalizar anúncios relacionados à política.

A medida é uma das estratégias recentes da empresa para trazer mais transparência aos anúncios e páginas na plataforma, uma clara resposta do Facebook a influência que a rede social teve nas eleições norte-americanas em 2016, quando agentes russos tentaram manipular os resultados das eleições compartilhando publicações falsas.

Agora, candidatos, seus representantes, partidos e coalizões políticas precisarão se registrar no Facebook para conseguir marcar um anúncio como "Propaganda Eleitoral" quando as campanhas começarem no dia 16 de agosto. O recurso permitirá as pessoas ver com clareza a natureza do anúncio, uma vez que  trará tal marcação, além de exibir o número do CPF ou CNPJ declarado pelo anunciante. 

Uma nova Biblioteca de Anúncios com informações sobre esses anúncios, valores aproximados gastos pelos anunciantes e informações sobre o público atingido também estarão disponíveis a partir de 16 de agosto. Candidatos poderão fazer esse registro no Facebook a qualquer momento durante a campanha.