WhatsApp libera recurso que avisa se uma mensagem foi encaminhada

Da Redação
10 de julho de 2018 - 15h55
Novidade é entregue em meio aos esforços do aplicativo para combater fake news. Na Índia, companhia comprou anúncios em jornais para alertar sobre o problema

O WhatsApp anunciou que liberou nesta terça-feira (10) - para toda a sua base de usuários - a função de aviso de mensagens encaminhadas. 

Segundo o aplicativo, a indicação extra visa facilitar as conversas individuais e tornar aquelas em grupo mais fáceis de serem seguidas ao mesmo tempo ajuda a determinar se um amigo ou familiar realmente escreveu a mensagem que enviou ou se o texto veio originalmente de outra pessoa. Para visualizar a nova etiqueta de mensagem "encaminhada" do WhatsApp, é necessário ter a atualização mais recente do app. 

whatsapp-encaminhado-1

Com o recurso, o WhatsApp tenta também endereçar a propagação de fake news dentro da plataforma. No post para anunciar a novidade, a companhia diz: "seja cuidadoso com o que você compartilha".

No último ano o WhatsApp, que é de propriedade do Facebook, tem sido constantemente cobrado para combater as notícias falsas, ainda mais sob a sombra de que 8 pessoas foram linchadas e mortas na Índia após acusações falsas circularem pelo app de mensagens

Nesta semana, a empresa começou uma campanha em jornais impressos na Índia que  tenta alertar sobre a desinformação ancorada pelo WhatsApp. Anúncios de página inteira com publicações em inglês, hindi e outros idiomas falados na região, dão dicas de como descobrir se uma verdadeira é falsa ou não. 

Nos casos dos linchamentos na Índia, os boatos acusavam as vítimas de sequestrar crianças. A polícia confirmou, em todos os casos, que as vítimas mortas eram inocentes e nunca se envolveram em crime algum. Os anúncios nos jornais aconselham os leitores a checar as informações que recebem através do aplicativo e reforçam: "Não se preocupe com a quantidade de vezes que você recebeu uma mensagem. O fato de uma mensagem ser compartilhada muitas vezes não a torna verdade."

Na semana passada, o WhatsApp anunciou sua primeira grande iniciativa global para combater o problema: bolsas de estudo para pesquisadores que se dediquem a estudar e a propor soluções para as fake news dentro do mensageiro.