Com ajuda da SpaceX, Israel quer enviar missão para a Lua em 2018

Da Redação
11 de julho de 2018 - 11h00
País pretende ser o quarto a pousar uma missão na lua, depois dos EUA, Rússia e China. Lançamento deve acontecer em setembro com ajuda de foguete Falcon 9.

Israel anunciou nesta terça-feira, 10/7, que planeja enviar uma missão para a Lua ainda em 2018, conforme informações do site especializado CNET

O país pretende enviar uma aeronave ao local com ajuda de um foguete Falcon 9, da SpaceX, em dezembro deste ano. Com isso, Israel será o quarto país do mundo a pousar uma missão na Lua, depois dos Estados Unidos, Rússia e China.

A missão em questão ainda não tem um nome definido e será realizada por meio de uma parceria entre a companhia privada Israel Aerospace Industries e a organização sem fins lucrativos SpaceIL, que levantaram 88 milhões de dólares (especialmente de doadores particulares) nos últimos anos para financiar o projeto.

A SpaceIL, que participou da competição Google Lunar XPrize, revelou nesta semana que trabalha com a data de 13 de fevereiro de 2019 para o pouso da missão na Lua – leva cerca de dois meses para a aeronave chegar ao seu destino após o lançamento.

Com 1,5 metro de altura e cerca de 600 kg, a aeronave da missão será uma das menores a pousar na Lua, de acordo com as organizações. Entre outras coisas, ela fará imagens (fotos e vídeos) da superfície lunar e também medirá o campo magnético local.