A cada R$100 em compras online de celulares, R$ 9,47 foram tentativas de fraude

Da Redação
29/06/2018 - 17h29
Pesquisa da ClearSale mapeou tentativas de fraude no comércio online no Brasil; Smartphones são alvo crescente, pois também são produtos de fácil revenda no mercado negro

A ClearSale, empresa de soluções antifraude, divulgou um novo recorte sobre as tentativas de fraude no e-commerce brasileiro. No último ano, a cada R$100 em compras online de celulares, R$9,47 foram tentativas de fraude, sendo este o setor mais visado pelos fraudadores, segundo levantamento da companhia.

O mercado de smartphones segue em alta. Segundo estudo realizado pela Gartner, cerca de 1,9 bilhão de smartphones devem chegar aos consumidores em 2018, um crescimento de 1,6% em comparação com 2017. Essa popularidade é o que atrai também os cibercriminosos.

“O fraudador se interessa por produtos de fácil revenda no mercado negro. Por isso, é necessário que, além dos varejistas, o consumidor também tome as devidas precauções para se prevenir de fraudes como, por exemplo, evitar compartilhar informações sensíveis como o número do cartão de crédito e dados pessoais”, lembra Omar Jarouche, gerente de Inteligência Estatística da ClearSale.

As estatísticas integram o estudo Mapa da Fraude, da ClearSale, que traz informações de mercado sobre as tentativas de fraude no País. Nesta edição, o levantamento abrange o comércio eletrônico tanto nas plataformas desktop quanto mobile.  

Outro levantamento da pesquisa foi que o setor de bebidas apareceu, em 2018, pela primeira vez como um dos segmentos mais visados pelos golpistas. Isso pode ocorrer por conta do aumento de bloqueio de fraudes nos outros setores, o que consequentemente faz o fraudador buscar novas alternativas de produtos com um alto valor e fácil revenda.