Facebook lança recurso que copia, em 2018, o app de dublagem Dubsmash

Da Redação
05/06/2018 - 17h33
Batizado de Lip Sync Live, recurso será uma opção para vídeos ao vivo. Companhia também acrescentará trilhas sonoras para vídeos pessoais e Stories

Talvez você e seus amigos tenham superado a essa altura aquele aplicativo Dubsmash, que permite gravar vídeos seus dublando sucessos - ou insucessos - musicais e falas de filmes para depois compartilhá-lhos. A ferramenta viralizou há cerca de dois anos até saturar e, como a maioria das coisas virais na Internet, foi deixada de lado. Agora, em junho de 2018, o Facebook anunciou que trará a sua rede social um recurso chamado Lip Sync Live que, de forma resumida, copia o Dubmash.

Segundo o Facebook, o Lip Sync Live permite sincronizar músicas, entre elas clássicos como "Welcome to the Jungle" do Guns N Roses a hits mais atuais como "Havana" de Camila Cabello, “Happier” de Ed Sheeran ou “God's Plan” de Drake. 

Para fazer uso do recurso, você terá que iniciar uma transmissão ao vivo e buscar a habilidade para chamar atenção da sua rede de amigos. Depois, basta selecionar uma música da lista. Você também poderá adicionar uma descrição e personalizar seu vídeo com máscaras ou plano de fundo. O recurso ainda não está disponível para usuários no Brasil, mas o Facebook prometeu entregar a novidade para todos nos próximos meses.

No fundo, o Lip Sync Live parece ser um recurso para o Facebook promover artistas - isso porque ao compartilhar a transmissão da dublagem, usuários verão tais informações destacadas e poderão seguir o artista em sua página no Facebook. 

 


Trilhas sonoras para seus vídeos

Mais útil e interessante que o Lip Sync Live foi o anúncio - também dado nesta terça-feira (5) - de que o Facebook tem feito parcerias com gravadoras para adicionar música a vídeos pessoais.

"Junto com a indústria musical, estamos trabalhando para possibilitar que pessoas de todo o mundo incluam música em seus vídeos no Facebook, dando mais opções criativas para compartilhar memórias significativas com amigos e familiares. Já estamos testando a atualização em vários mercados e esperamos disponibilizar para mais países em breve", escreveu a companhia em comunicado.

Segundo a empresa, o Facebook Stories também permitirá, eventualmente, adicionar músicas aos vídeos, algo que também deve migrar para o Instagram, já que a rede social pertence a mesma empresa de Mark Zuckerberg.