WhatsApp anuncia novos recursos para melhorar comunicação em grupos

Da Redação
15/05/2018 - 12h36
Entre as novidades, administradores ganham mais poder de gerenciamento e usuários poderão saber se alguém mencionou o nome deles em uma conversa

O WhatsApp anunciou nesta terça-feira (15) novos recursos que visam melhorar a comunicação de usuários em grupos, pois sabemos o quão confuso ou pouco efetivo tendem a ser conversas que envolvem mais de duas pessoas em uma mesma tela.

Agora, administradores ganham mais poder de gerenciamento, usuários poderão saber se alguém mencionou o nome deles em uma conversa ao clicar um botão e grupos poderão ter descrições. O WhatsApp também informou que está dificultando o processo para as pessoas serem re-adicionadas a grupos dos quais saíram. 

Todas essas novidades visam tornar o WhatsApp também mais atrativo para conversas corporativas. Inclusive, as mudanças vêm em tempo do Yahoo ter anunciado na última semana um aplicativo exclusivo para grupos. 

Saiba o que muda a partir de agora:

Controles do administrador: Nas configurações do grupo, há um novo controle que permite que os administradores restrinjam quem pode mudar o assunto do grupo, ícone e descrição. Além disso, os administradores podem retirar permissões de gerenciamento de outros membros e os criadores dos grupos não podem ser excluídos dos grupos que criaram;

Descrição de grupo: Um pequeno descritivo abaixo das informações do grupo que permite os administradores a estabelecerem regras, tópicos mais importantes, direcionamentos, etc. Quando uma pessoa entra em um grupo, a descrição vai aparecer no topo do chat.  

Atualização de grupo: Quando você se ausentar de um grupo por um tempo, você poderá se atualizar rapidamente sobre as mensagens que mencionaram seu nome ao clicar no botão “@” no canto direito inferior da janela de conversa. Também é possível buscar por participantes nos grupos ao acessar a ferramenta de busca na página de informação do grupo. 

Segundo o WhatsApp, as novas ferramentas começam a chegar aos usuários Android e iOS nesta terça.