Veja como acionar o novo recurso inteligente Smart Compose no Gmail

PC World / EUA e Da Redação
11/05/2018 - 17h59
Revelado nesta semana pelo Google durante a conferência I/O, ferramenta foi liberada em modo experimental, mas ainda está longe do prometido pela gigante.

Durante a sua conferência para desenvolvedores I/O 2018, realizada nesta semana nos EUA, o Google revelou o Smart Compose, um recurso de Inteligência Artificial (IA) para o Gmail. 

O Smart Compose é como uma versão em esteroides de outro recurso do Gmail, o Smart Reply, usando o poder do Machine Learning (ML/Aprendizado de Máquina) para sugerir frases inteiras enquanto você digita uma mensagem.

Pelo menos essa foi a promessa feita no palco do I/O. O Smart Compose foi lançado recentemente em modo experimental e, por enquanto, a realidade não é tão revolucionária – mas ainda é bastante legal. No entanto, a ativação da ferramenta não é exatamente óbvia. Por isso, escrevemos essa dica para te ensinar como habilitar o novo recurso no Gmail. 

Saiba como acionar o Smart Compsoe no Gmail

Antes de começar, você precisará estar usando a nova experiência do Gmail, lançada há alguns dias. Caso ainda não tenha realizado a mudança, é possível fazer isso de forma simples. Basta clicar no ícone de configurações, no canto superior direito da tela, e escolher a opção “Conheça o Novo Gmail” (“Try New Gmail”, em inglês) – não se preocupe, é possível voltar ao modo atual caso não goste do novo. Após clicar neste botão, você passará por uma tela de boas-vindas e então escolherá a interface que mais te agrada. 

Na aba Geral (General) das configurações do Gmail – aquela em que você começa – desça a barra de scroll até visualizar a opção Acesso Experimental (Experimental Access), que trará os dizeres “Acesse antecipadamente os recursos ainda em desenvolvimento”. Marque a caixa próxima dela e desça até o fim da tela para clicar no botão Salvar Alterações (Save Button). 

É isso! Na próxima vez que for escrever um e-mail verá o Smart Compose em ação. As frases e palavras sugeridas pela IA do Google aparecerão em cinza; caso goste do que vê, basta apertar a tecla Tab para aceitar a sugestão. 

Vale notar, no entanto, que a novidade só está disponível em inglês por enquanto. E não basta apenas escrever o texto em inglês para poder ter acesso à ferramenta; também é preciso que o idioma do Gmail seja o inglês dos EUA em vez do português (para mudar, basta acessar as configurações).  

O Smart Compose ainda não é tão útil quanto o prometido pelo Google. No máximo, o recurso sugeriu uma ou duas palavras úteis nos e-mails em que escrevi nos primeiros testes com a ferramenta.

smartcomposegmail.jpg

De qualquer forma, a funcionalidade acabou de ser liberada em caráter experimental. Talvez leve algum tempo até que a IA do Google conheça melhor o usuário para fazer sugestões melhores.