Maratona Carnaval: conheça as 10 melhores séries originais do Netflix

Da Redação
12/02/2018 - 10h44
Não curte assistir os desfiles pela TV, tampouco ir para blocos na rua? Separamos uma lista para bingewatchers aproveitaram o Carnaval sem sair de casa

O Carnaval já começou e se você é indiferente a maior festa do País, talvez você não negue que o feriado possa vir em uma boa hora. Para os bingewatchers, soa quase como um alívio.

Pensando nisso, separamos uma lista com algumas das melhores produções originais do Netflix. A plataforma de streaming tem se destacado entre as concorrentes por seu conteúdo com "selo Netflix". No ano passado, anunciou que planeja investir cerca de 8 bilhões de dólares na produção de conteúdo original em 2018, com boa parte desse valor destinado para a produção de aproximadamente 30 novas séries de anime e 80 novos filmes. 

Entre o catálogo de produções originais do Netflix há séries aclamadas pelo público e pela crítica. Confira alguns desses títulos na nossa lista.

1. THE END OF THE F**ING WORLD

Baseada no graphic novel de Charles S. Forman, esta série britânica acompanha as desventuras dos problemáticos adolescentes Alyssa e James. O humor negro, as referências a Bonnie Clyde, Pulp Fiction e uma ótima trilha sonora estão lá. 

2. MINDHUNTER

O drama policial gira em torno de dois agentes do FBI, que entrevistam assassinos em série presos para tentar resolver casos em andamento e entender a mente desses criminosos. A série foi inspirada no livro "Mindhunter... O Primeiro Caçador de Serial Killers Americano", de John Douglas e‎ Olshaker Mark. 

3. STRANGER THINGS

Ainda alheio ao hype ao redor de Stranger Things? A série, que conta com duas temporadas no Netflix, virou um fenômeno quase religioso da cultura pop e é fácil de entender seus porquês. Nostalgia dos anos 80, referência e inspiração nos filmes que marcaram a infância de muita gente e um elenco de atores carismáticos e, claro, reserva um bom suspense.  

 
 
4. BLACK MIRROR

A série foi originalmente transmitida pela emissora britânica Channel 4 por duas temporadas. Em 2015, a Netflix adquiriu os direitos da série para produzir - até agora - outras duas temporadas. "Isso é tão Black Mirror" virou o jargão recorrente para nossas distopias mais palpáveis, isso porque a série de ficção científica se debruça sobre temas da nossa sociedade moderna e as consequências imprevistas - algumas bem exageradas - das novas tecnologias e nosso relacionamento ou vício atrelado a elas.



5. LOVE SICK

O seriado britânico também começou como uma produção do Channel 4. O título original, e talvez mais gráfico, "Scrotal recall", ganhou um nome mais comercial quando a Netflix comprou a série para produzir a segunda e a mais recente terceira temporada. A comédia romântica segue o personagem de Dylan que, após ser diagnosticado com clamídia, entra em contato com todas as suas ex-parcerias para informá-las do diagnóstico. Ao mesmo tempo, a série defende que o amor, para dar certo, precisa de um timing oportuno.

 
6. 13 REASONS WHY

Baseada no livro de mesmo nome, a série gira em torno de uma estudante que revela em fitas cassetes os treze motivos para ter tirado a sua própria vida. A série, que foi ao ar no ano passado, gerou uma série de debates e polêmicas. Críticos e psiquiatras se questionavam se "13 reasons why" podia servir de gatilho para aqueles que sofrem de depressão.
 
 
7. MASTER OF NONE
 
A criação de Alan Yang e Aziz Ansari, que interpreta o personagem principal Dev Shah, aborda o ritmo e os desencontros de um ator de trinta anos. Com duas temporadas, a série se ambienta em Nova York e trata reflexões que passam pelo feminismo, preconceito, família, tradições e o  amor em tempos de Tinder.

 
8. BLOODLINE
 
A série retrata a história de uma família trabalhadora e renomada em sua comunidade na Flórida. Porém, ao voltar para a celebração de 45 anos do hotel da família, o filho mais velho Danny ameaça expor segredos sombrios do passado dos Rayburns, levando seus irmãos ao limite da lealdade familiar.
 
 
9. NARCOS
 
A série conta a história da propagação da cocaína nos Estados Unidos e na Europa, graças à droga do Cartel de Medellín, liderado por Pablo Escobar, enquanto dois agentes da DEA estão no comando para liderar uma missão para capturar e matar Escobar.
 
 
10. O JUSTICEIRO

A trama segue o anti-herói, que aparece nas histórias em quadrinhos da Marvel Comics. Impulsionado pelas mortes da esposa e dos filhos durante um tiroteio da máfia americana, o Justiceiro utiliza de técnicas, digamos, extremas, em sua guerra de um homem só contra o crime.