Bitcoin sofre nova queda e fica abaixo de US$ 6 mil nesta terça-feira

Da Redação
06/02/2018 - 10h59
Preocupações com regulações em mercados emergentes tem deixado investidores em pânico. Criptomoeda perdeu mais da metade de seu valor desde o início de 2018

O bitcoin registrou nova queda drástica nesta terça-feira (6/2) e caiu para menos de US$ 6 mil. O valor representa redução de mais da metade do valor desde o início de 2018.

A bolsa Bitstamp, baseada em Luxemburgo, registrou valor de US$ 5.920, nível mais baixo desde novembro. Na semana passada, o valor chegou a US$ 9.165, o que já era considerada uma forte queda. 

Após leve recuperação, as criptomoedas caíram novamente nesta semana. A moeda digital chegou a valor quase US$ 20 mil em dezembro do ano passado.

Um dos motivos que explica são as preocupações com regulações em mercados emergentes, o que tem deixado investidores em pânico.

Stephen Innes, responsável pelas transações Ásia-Pacífico na Oanda - companhia de serviços financeiros especializada no mercado de divisas -, afirmou à AFP que é preciso ver, por trás deste movimento, o endurecimento regulatório e o fato de os investidores perderem confiança nas moedas virtuais, especialmente depois da pirataria da plataforma de intercâmbio japonesa Coincheck.

Após sofrer um ataque hacker no dia 26 de janeiro, a bolsa de criptomoedas Coincheck Inc., que tem sede em Tóquio, informou no domingo (28/01) que devolverá cerca de 46 bilhões de ienes (US$ 425 milhões) aos seus clientes. As moedas roubadas foram as chamadas NEM, tidas como a 10ª em maior valor de mercado no mundo. Em comunicado, a Coincheck informou que devolverá os valores de cerca de 260 mil donos de moedas em ienes japoneses. Porém ainda não detalhou como e quando isso será feito.

*Com agências