Preço do bitcoin despenca e é negociado a cerca de US$ 8 mil nesta sexta

Da Redação
02/02/2018 - 09h10
Moeda digital recuou mais de 50% desde o pico de R$20 mil em dezembro passado. Janeiro foi o pior desempenho mensal desde o mesmo mês em 2015

O bitcoin, principal moeda digital do mundo, registrou nova queda nesta sexta-feira (2/2), chegando ao menor nível desde novembro: US$ 8.181, segundo registro da bolsa Bitstamp, sediada em Luxemburgo.

O valor representa queda de mais de 50% em relação ao pico de US$ 20 mil atingido em dezembro do ano passado. Janeiro foi o pior desempenho mensal desde o mesmo mês em 2015.

Dois itens foram cruciais para a queda: a proibição de anúncios do produto no Facebook e uma crescente repressão regulatória contra esse mercado abalar investidores.

No caso da rede social, todas as criptomoedas, incluindo Bitcoin, não mais poderão ser anunciadas ou vendidas em anúncios no Facebook. Alegando que a maioria dos anúncios ligados à oferta de moedas digitais são esquemas fraudulentos, a rede social atualizou sua lista de itens proibidos banindo todos os anúncios que promovam criptomoedas e initial coin offerings (ICOs).

A proibição foi suficiente para chacoalhar o mercado global de criptomoedas.