Saiba quais as principais reclamações dos usuários na Black Friday 2017

Da Redação
27 de novembro de 2017 - 14h08
Segundo o Reclame Aqui, data promocional recebeu 3.500 reclamações neste ano, mais do que o registrado no ano passado. Propaganda enganosa é principal queixa.

A Black Friday 2017 movimentou cerca de 2,1 bilhões de reais em compras no e-commerce no último final de semana com descontos atraentes em diversos setores de produtos, segundo dados da Ebit. 

Mas nem tudo foram flores, já que a data promocional rendeu mais reclamações neste ano, de acordo com dados do Reclame Aqui. Conforme divulgado pelo site especializado, foram 3.500 reclamações entre às 18h de quinta, 23/11, e à meia-noite de sábado, 25/11, contra 2.900 reclamações em 2016. De qualquer forma, o número ainda é inferior às 4.400 reclamações da Black Friday 2015 no país. 

Se levarmos em conta todo o final de semana, incluindo o domingo e a manhã de segunda, o total de reclamações recebidas pelo Reclame Aqui sobe para quase 7 mil (6.997, para ser mais exato). 

Principais reclamações

A tão temida propaganda enganosa lidera o ranking com 11,5% das queixas, seguida por problemas na finalização da compra, com 10,3%, e divergências de valores, com 7,3%.

Preferidos dos consumidores, os eletrônicos foram os produtos que mais geraram reclamações na data, com os smartphones e celulares em primeiro lugar, com 8,8%, seguidos por TVs, com 4,2%.