Compras via mobile devem crescer na Black Friday 2017 no Brasil

Da Redação
13 de novembro de 2017 - 12h54
Segundo levantamento do Google e Ibope, 31% dos consumidores devem usar celulares e tablets para comprar na data promocional - índice foi de 22% em 2016.

As compras via smartphones e devem crescer no Brasil durante a Black Friday 2017, que acontece no próximo dia 24 de novembro. Os dados são de uma nova pesquisa feita em parceria entre o Google e o Ibope. 

De acordo com o levantamento, a migração do desktop para o mobile deve ganhar força neste ano, quando 31% dos consumidores devem usar seus celulares e tablets para fazer compras na data promocional – esse índice foi de 22% na Black Friday 2016.

A pesquisa ainda aponta uma maior importância dos smartphones para os consumidores na Black Friday 2017. Isso porque 38% dos entrevistados disseram que farão pesquisas por preços usando o celular, bem mais do que os 27% do ano passado. 

Gasto menor

Vale destacar ainda que a intenção de compra dos brasileiros deve permanecer estável em relação a 2016, já que 87% dos respondentes afirmaram que pretendem comprar algo na Black Friday. Por outro lado, o gasto médio deve ter uma ligeira queda de 2%, ficando em 1.071 reais.

Eletrônicos lideram

Por fim, a pesquisa do Google e Ibope mostra que os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos ainda lideram o ranking dos produtos preferidos: 65% das pessoas pretendem comprar algum tipo de produto dessas categorias na próxima edição da Black Friday. Roupas e calçados seguem em segundo lugar, sendo citados por 47% dos entrevistados. 

Metodologia

De acordo com Google e Ibope, a pesquisa em questão foi realizada entre 27/10 e 4/11 com um total de 1211 internautas, com idades entre 18 a 55 anos, das principais regiões do país ( Grande SP e Interior, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Salvador), das classes A, B e C  e que costumam realizar compras online (fizeram ao menos uma nos 6 meses anteriores à pesquisa).