Amazon deve responder por quase 50% das vendas on-line nos EUA em 2017

Da Redação
26 de outubro de 2017 - 19h09
Segundo estimativa da eMarketer, a empresa de Jeff Bezos deve fechar o ano com 43,5% do mercado norte-americano de e-commerce.

A Amazon deve ampliar ainda mais o seu domínio no e-commerce dos Estados Unidos neste ano, de acordo com uma nova estimativa publicada pela eMarketer, que leva em conta os dados de empresas de capital aberto – ou seja, com ações na Bolsa.

A previsão é que a Amazon feche 2017 com receita de 196,8 bilhões de dólares, respondendo assim por 43,5% das vendas on-line no mercado norte-americano – esses dados incluem as vendas feitas por meio do marketplace da gigante. 

Para efeito de comparação, a companhia de Jeff Bezos fechou 2016 com uma receita de 149 bilhões de dólares e uma fatia de 38% do mercado de e-commerce nos EUA.

Bem atrás, aparecem eBay, Apple e Walmart, que devem encerrar o ano, respectivamente, com 6,8%, 3,6% e 3,6% de participação nas vendas on-line nos EUA. 

A expectativa do eMarketer é que o mercado de e-commerce dos EUA cresça 15,8% em 2017, com uma receita prevista de 452,8 bilhões de dólares.

Vale lembrar que, após quase cinco anos de operação no Brasil, a Amazon começou a vender aparelhos eletrônicos no país no último dia 18 de outubro. No entanto, a nova loja da empresa por aqui só realiza vendas via marketplace por enquanto.