Amazon começa a vender eletrônicos no Brasil em 18 de outubro, diz Valor

Da Redação
12 de outubro de 2017 - 15h54
De acordo com jornal, lista de produtos deve ser ampliada até o final deste ano. Em nota, empresa diz que "não especula sobre planos futuros".

Quase cinco anos após iniciar sua operação no Brasil, ainda limitada à venda de livros (físicos e digitais) e seus e-readers Kindle, a Amazon deve ampliar em breve seu portfólio de produtos comercializados no país.

Segundo reportagem do Valor Econômico, que não especifica suas fontes, a gigante de e-commerce começará a vender aparelhos eletrônicos em sua loja on-line brasileira já a partir do próximo dia 18 de outubro. A lista inicialmente deve incluir produtos como smartphones, computadores, câmeras e TVs. 

No entanto, ao que parece, essa venda será feita por lojas terceiras por meio do marketplace da Amazon.com.br, que atualmente já permite que lojistas e donos de sebo revendam livros físicos pela plataforma da companhia.

O plano da Amazon, de acordo com o jornal, é ampliar a lista de categorias de produtos até o final deste ano e, a longo prazo, ter algo parecido com o que possui nos EUA, onde vende praticamente tudo que você imaginar. 

Vale notar que a reportagem do Valor não faz nenhuma menção aos aparelhos da linha Echo e Kindle Fire, da própria Amazon, que estão disponíveis nos EUA e outros mercados internacionais em que a companhia atua.

Posição da Amazon

Procurada pela nossa reportagem, a Amazon afirmou apenas que "não especula sobre planos futuros".