Elon Musk vira tema de música do ex-baixista do Weezer, Matt Sharp

Carla Matsu
06 de outubro de 2017 - 17h50
Em 'Elon Musk is Making me Sad', Sharp supõe um mundo onde ele e Musk cresceram e rivalizaram nos anos 1980
Elon Musk é o nome por trás de uma série de empreendimentos que envolvem desde carros autônomos elétricos a planos ambiciosos de colonizar Marte e até mesmo transportar pessoas na Terra usando um foguete. Não é à toa que o sujeito serve de modelo a outros empreendedores. Há que se admitir que o empresário parece administrar bem o seu tempo.
 
Mas o CEO da Tesla, SpaceX e da The Boring Company, também é o tipo de inspiração que envolve coisas mais sutis e poéticas. Matt Sharp, ex-baixista da banda Weezer, e agora vocalista da The Rentals, viu nos empreendimentos ambiciosos de Musk uma boa narrativa para chegar na cativante balada "Elon Musk is Making me Sad", algo como "Musk está me deixando para baixo".
 
A canção de Sharp supõe um mundo onde ele (ou uma versão dele) e Musk cresceram juntos nos anos 1980. O músico lamenta o fato de que mesmo sendo mais velho que Musk, não foi bem sucedido - algo que pode gerar controvérsia com os fãs do Weezer, claro.  
 
Sharp chega a ironizar sobre a própria habilidade com computadores em comparação a de Musk: "Eu usava a minha para falsificar carteirinhas e comprar cerveja no colégio enquanto meu adversário estudava cada bit daquele cretino 8bit".
 
Em entrevista à Wired, Sharp diz que a música em questão não é, na verdade, um tributo a Musk e que sim uma das tantas que escreveu no último um ano e meio após a morte de seu pai. Muitas delas com temática de ficção científica. 
 
"Eu estava tentando deixar esse mundo o mais rápido que eu pudesse, acho", disse à Wired. E, logo, seus pensamentos de olhar o nosso planeta pelo retrovisor, o levaram até o trabalho de Musk com a SpaceX. 
 
"Elon! Me mande embora", canta Sharp, em inglês. "Você tem o poder de me salvar.... e então, eu direi, eu fui a Marte e eu ganhei a corrida. Sim, eu direi, ganhei em primeiro lugar". 
 
Abaixo, um link para a música completa: