App do Google Drive para PCs e Macs será encerrado em março de 2018

PC World / EUA
08 de setembro de 2017 - 10h55
Empresa de Mountain View anunciou que irá substituir o software pelos novos aplicativos Backup and Sync e Drive File Stream.

O aplicativo do Google Drive para PCs e Macs vai começar a morrer no próximo dia 11 de dezembro, segundo anunciou o Google nesta semana. Dependendo de se voce é um usuário corporativo ou absoluto, ele irá renascer na forma de um dois novos apps: Backup and Sync, para consumidores finais, ou Drive File Stream, para empresas. Veja abaixo o que esperar durante a transição.

Quando e como o Google Drive vai embora

Vale notar que o Google não parece estar fazendo nenhuma mudança no serviço do Drive em si, apenas nos apps. A gigante de Moutain View atualmente oferece 15GB de armazenamento online com o Drive, e esses arquivos podem ser acessados com qualquer aparelho com um app do Drive instalado. Essa lista de dispositivos inclui aparelhos Android, iPhones e iPads – cujos apps móveis do Drive aparentemente continuarão iguais.

O Google revelou nesta semana que irá parar de oferecer suporte para o app do Drive para Macs e PCs em 11 de dezembro, e que o aplicativo simplesmente vai parar de funcionar em 12 de março de 2018. A partir deste momento, os consumidores terão de usar o Backup and Sync. Os clientes corporativos que assinante os apps G Suite serão transferidos para o Drive File Stream, um app em fase de preview que agora está sendo levado para o grande público.

Backup and Sync vs. Drive File Stream 

A maior diferença entre os novos apps Backup and Sync e Drive File Stream é que o último possui a habilidade de ‘transmitir’ arquivos a partir da nuvem – a popular funcionalidade de ‘placeholder’ que permite a exibição de cópias de todos os seus arquivos baseados na nuvem, sem precisar armazená-los no computadores.

O Backup and Sync sincroniza os arquivos de maneira mais tradicional, colocando cópias locais no seu desktop, e então fazendo backup para a nuvem. Se você quiser fazer backup das suas fotos e vídeos, irá usar o Backup and Sync.

Caso você trabalhe em um PC com acesso ao G Suite, do Google, então as coisas podem ficar um pouco confusas, já que poderá usar os dois serviços. Por isso, é importante entender as diferenças entre o Backup and Sync e o Drive File Stream:

- Backup and Sync:

Acesse arquivos no My Drive

Sincroniza pastas selecionadas no My Drive

Usa aplicativos nativos do Windows (como Word e Photoshop)

Sincroniza folders locais, como Documentos ou Desktop

 

- O Drive File Stream pode fazer quase tudo que o Backup and Sync pode, com exceção de sincronizar pastas locais. Além disso, ele também pode:

Acessar arquivos no Team Drives

Transmitir arquivos sob demanda (o recurso ‘placeholder’)

Sincronizar arquivos individuais no MyDrive

Por fim, vale destacar que o Drive File Stream aparece como um drive montado no Windows Explorer, enquanto que o Backup and Sync mostra o My Drive como um atalho. 

Resumindo: a partir de outubro, os usuários do Drive para Macs e PCs devem começar a visualizar mensagens com notificações sobre a mudança, de acordo com o Google. Caso você seja um usuário final do Drive, parece que pouca coisa além do nome irá mudar. Os usuários corporativos, no entanto, terão de escolher entre os dois novos apps.