CEO do Facebook vai tirar licença paternidade para ficar com a nova filha

Da Redação
18 de agosto de 2017 - 18h26
Em comunicado, Mark Zuckerberg revelou que repetirá o que fez em 2015 e irá ficar dois meses com a esposa Priscilla Chan e a nova filha.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta sexta-feira, 18/8, que vai tirar dois meses de licença partenidade quando sua segunda filha nascer nos próximos meses.

Quando sua primeira filha, Max, nasceu em 2015, Zuckerberg também afastou por dois meses do seu dia-a-dia na rede social para acompanhá-la mais de perto. 

“Sempre serei grato por ter podido passar tanto tempo com ela nos primeiros meses de sua vida. Nossa nova filha está chegando, e estou planejando tirar dois meses de licença paternidade mais uma vez”, afirmou o executivo em um post no seu perfil no Facebook nesta sexta, 18/8.

Apesar de não contar com suporte legislativo nos EUA, a licença paternidade é oferecida para todos os funcionários do Facebook. “No Facebook, oferecemos quatro meses de licença maternidade e paternidade porque estudos mostram que quando pais que trabalham tiram um tempo para ficar com os filhos recém-nascidos, isso é bom para toda a família. E tenho certeza que o escritório continuará aqui quando eu voltar”, explicou Zuckerberg.