Tuíte de Obama sobre Charlottesville é o mais curtido da história

Da Redação
16/08/2017 - 13h31
Em publicação com mais de 3,6 milhões de likes no Twitter, ex-presidente dos EUA usa frase de Nelson Mandella, ex-presidente da África do Sul

Um post do ex-presidente dos EUA Barack Obama comentando o evento neonazista Unite the Right, que deixou pelo menos uma pessoa morta em Charlottesville no final de semana, acaba de tornar-se o tuíte mais curtido da história.

Publicado na noite do último sábado, 12/8, o post em questão de Obama no Twitter foi o primeiro de vários do ex-presidente dos EUA sobre os acontecimentos do final de semana na Virgínia. 

Com mais de 3,6 milhões de curtidas, o tuíte utiliza uma citação atribuída ao ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela: “Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor sua pele, seu background ou sua religião” ("No one is born hating another person because of the color of his skin or his background or his religion...", no original, em inglês). E usa uma foto de Obama cumprimentando quatro crianças em uma janela. 

Além disso, a mensagem em questão de Obama já possui quase 1,5 milhão de retuítes até o momento.

Para chegar a esse número recorde, o tuíte de Obama superou uma publicação feita há alguns meses pela cantora pop Ariana Grande logo após um ataque terrorista realizado durante um show seu em Manchester, na Inglaterra.