60% dos brasileiros utilizam aplicativos de paquera como Happn e Tinder

Da Redação
19/06/2017 - 11h57
Segundo pesquisa levantada pelo Happn Brasil, brasileiros entrevistados também recorrem aos apps para fazer novas amizades

Aplicativos de relacionamento e paquera têm se popularizado entre os usuários brasileiros, prova disso é que 60% deles afirmam usar tais apps para conhecer novas pessoas, segundo pesquisa levantada pelo Happn Brasil. A pesquisa, feita em  parceria com a YouGov, ouviu cerca de 1000 brasileiros, sendo 52% dos respondentes mulheres e 48%, homens.

De acordo com o levantamento, 20% dos entrevistados encontraram o atual ou o último parceiro em redes sociais ou em aplicativos e sites de relacionamento. A mesma porcentagem reflete as vias "tradicionais" dos encontros, já que 20% afirmou conhecer parceiros no trabalho ou na faculdade e 24%, por meio de amigos.

O amor ou encontros casuais nem sempre são a prioridade dos usuários de apps, tendo em vista que 71% das pessoas disseram que "fazer amigos" é a principal razão para se arriscar no mundo dos aplicativos de relacionamento. O segundo e terceiro objetivo, segundo as pessoas consultadas, é encontrar relacionamentos casuais (45%) ou sérios (40%). 

Na hora de oficializar um relacionamento, por ordem de importância, a pesquisa apurou que 70% dos brasileiros consideram a personalidade do parceiro como o fator mais importante, enquanto que 55% acreditam que a química entre os dois conta mais. Apenas 25% consideram o sexo o fator determinante.

Dentre os que não usam essas ferramentas, 13% têm muita dificuldade em conhecer pessoas novas e apenas 31% iniciariam uma conversa com alguém que não pertence ao seu círculo de relacionamento.