Mercado de carros autônomos vai movimentar US$7 trilhões em 2050

Da Redação
12/06/2017 - 12h37
Dados são do novo estudo Economia de Passageiros, realizado pela Strategy Analytics a pedido da Intel.

Os carros autônomos criarão uma economia forte e movimentarão cerca de 7 trilhões de dólares até 2050, segundo um novo estudo encomendado pela Intel.

Realizado pela consultoria Strategy Analytics, o levantamento intitulado “Economia de Passageiros” foi apresentado na última semana durante a feira de tecnologia Computex, em Taiwan.

O estudo prevê ainda que esse mercado deverá registrar um forte crescimento nas próximas décadas, alcançando uma receita de 800 bilhões de dólares em 2035. 

"As empresas devem começar a contemplar os veículos autônomos em suas estratégias a partir de agora", afirma o CEO da Intel, Brian Krzanich, sobre os números apresentados na pesquisa.

Outros pontos interessantes destacados pelo estudo da Intel incluem liberar milhões de horas de deslocamento, salvar centenas de milhares de vidas e redução de custos de segurança pública com acidentes de trânsito. Confira abaixo:

- US$ 200 bilhões é a receita esperada com o aumento do uso por consumidores de novos aplicativos e serviços inovadores que surgirão à medida que a disponibilidade de veículos sem motoristas cresça e evolua;

- Estima-se que 585 mil vidas poderão ser salvas graças aos veículos autônomos na era da Economia de Passageiros entre 2035 e 2045;

- Os veículos sem motoristas deverão liberar mais de 250 milhões de horas de deslocamento dos consumidores por ano nas cidades mais congestionadas do mundo;

- As reduções nos custos de segurança pública relacionados aos acidentes de trânsitos podem somar mais de US$ 234 bilhões ao longo da era da Economia de Passageiros entre 2035 e 2045.