Facebook está próximo de atingir 2 bilhões de usuários

IDG News Service
05/05/2017 - 16h41
Receita e os lucros da rede social de Mark Zuckerberg também cresceram em último balanço. Entretanto, companhia espera que crescimento de anúncios desacelere

O Facebook está a caminho de superar os 2 bilhões de usuários ativos mensais antes do final deste semestre. A companhia encerrou o primeiro trimestre de 2017 com 1,94 bilhões de usuários mensais ativos e 1,28 bilhões de pessoas usando a rede social todos os dias.

Enquanto a base de usuários mensais cresceu 17% ano sobre ano, a base de usuários diários saltou a uma taxa um pouco maior a 18% durante o mesmo período. De forma geral, o crescimento se mantém firme, algo que é único para uma companhia com uma base tão global e massiva de usuários. No trimestre anterior, o Facebook reportou taxas de crescimento idênticas. 

A receita e os lucros da empresa também estão crescendo. O Facebook acumulou US$ 3,06 bilhões em receita líquida de uma receita total de US$ 8,03 bilhões, marcando um aumento de 76% em relação ao ano anterior e um aumento de 49% na receita. A empresa também superou as estimativas de receita de analistas por oito trimestres consecutivos.

Crescimento de anúncios vai desacelerar no final de 2017

No entanto, o Facebook alertou aos investidores que seu período de rápido crescimento deve desacelerar este ano. "Nós continuamos a esperar uma desaceleração no crescimento das receitas de anúncios", disse o CFO David Wehner durante a conferência aos investidores. "Isso vai ser particularmente anunciado quando chegarmos ao segundo semestre de 2017, porque a carga de anúncios será um fator menos significativo para impulsionar o crescimento", completou.

Enquanto isso, o avanço do Facebook sobre os recursos lançados originalmente pelo Snapchat estão ajudando a aumentar o desempenho de outras empresas do Facebook. Isso porque o ‘status’ do WhatsApp (que imita o recurso do Stories do Snapchat) e agora replicado para toda a família de aplicativos do Facebook, atraiu 175 milhões de usuários diários em menos de três meses,  anunciou o CEO Mark Zuckerberg durante a chamada. O Instagram Stories tem mais de 200 milhões de usuários diários, de acordo com a empresa.

Os dois recursos, ambos residentes em apps populares - WhatsApp conta com 1,2 bilhões de usuários mensais e o Instagram com 700 milhões - agora são maiores que o Snapchat inteiro. 

Zuckerberg também reiterou a missão da companhia. “Na última década, o Facebook focou em conectar amigos e famílias. Agora, com a fundação, nosso próximo foco é construir uma comunidade”, disse. “Há muito o que fazer aqui. Construir uma comunidade global é maior do que qualquer organização, mas nós podemos ajudar ao desenvolver a infraestrutura social para a comunidade - para nos dar suporte, nos manter seguros, para nos informar, para nos engajar civicamente e para todos nós”. 

Segurança tem sido um desafio particular para o Facebook nos últimos meses a medida que cada vez mais pessoas utilizam os produtos da rede social de streaming ao vivo para transmitir atos de violência, ódio e até mesmo relatos de assassinato.

Dois dias antes do início da conferência para desenvolvedores do Facebook no mês passado, um homem de Cleveland publicou um vídeo onde falava que havia matado um homem de 74 anos. 

“Nós vamos continuar a construir novas ferramentas para manter pessoas seguras em nossa plataforma”, disse Zuckerberg durante conferência sobre os resultados do trimestre. “No próximo ano, nós estaremos acrescentando 3 mil pessoas para nossa equipe de operações de comunidade ao redor do mundo - além das 4.500 pessoas que nós já temos hoje em dia para revisar os milhões de relatórios que obtemos todos os dias e melhorar o processo para fazê-lo de forma mais rápida.”

O Facebook encerrou o trimestre com 18.770 funcionários, um número que marca um crescimento de 38% ano sobre ano.