Intel prevê queda nos preços de chips premium após chegada do AMD Ryzen

IDG News Service
28/04/2017 - 11h07
Chips para PCs da Intel enfrentam concorrência séria do novo Ryzen da AMD, que oferecem desempenho competitivo e preços consideravelmente mais baixos

A Intel prevê um "ligeiro declínio" nos preços para seus chips premium e a concorrente AMD poderia ter desempenhado um papel nisso.

No primeiro trimestre, os preços dos chips da Intel em desktops e laptops subiram. Isso ajudou a impulsionar a receita trimestral do Client Computing Group - que lida com chips de PC - para US$ 8 bilhões, o que representou um aumento de 6% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

No entanto, os chips para PCs da Intel agora enfrentam a concorrência séria do novo Ryzen da AMD, lançado no mês passado e que oferecem desempenho competitivo, e cujos preços são consideravelmente mais baixos.

O chip mais rápido da AMD, o Ryzen 7 1800X, cujo foco é PCs para gamers, possui oito núcleos e tem um preço de US$ 499. Um chip comparável como o Core i7-6900K da Intel custa US$ 1.089. Sendo que o chip mais rápido da Intel para jogos é o Core i7-6950X Extreme Edition, com preço de US$ 1.723.

Nessa quinta-feira (27) durante reunião sobre o balanço trimestral, o CEO da Intel, Brian Krzanich, se esquivou de uma questão sobre se o Ryzen teve algum papel na queda projetada dos preços de chips. Ele disse que a dinâmica do mercado era uma razão.
 

Por mais de uma década, os processadores mais baratos da AMD foram considerados inferiores aos chips da Intel quanto ao desempenho. Fabricantes de PCs derrubaram a AMD de sua linha de produtos, mas agora estão em parceria com a fabricante de chips da Ryzen, disse Jim McGregor, analista principal da Tirias Research.

"A AMD está oferecendo uma opção competitiva, e seu preço é significativamente menor do que a Intel", disse McGregor.

Isso é algo atraente para os fabricantes de PC, que querem aumentar suas margens.
 
"Sempre há o alto escalão que vai pagar qualquer coisa por um PC", disse McGregor. "Trata-se mais de trazer sistemas de games a preços mais baixos".
 
Ainda é cedo para prever o impacto total da Ryzen sobre o preço dos chips da Intel. Mas ele já está aparecendo em alguns lugares, como em lojas de varejo, onde os preços dos processadores da Intel foram ajustados após a chegada do Ryzen, disse Dean McCarron, analista principal da Mercury Research.
 
Por enquanto, a pressão sobre o preço diz respeito aos chips premium. No final deste ano, a AMD deve lançar chips para laptops e desktops populares. E, claro, os PCs de baixo custo são ainda mais sensíveis aos preços.
 

"A concorrência é sempre boa, e a Intel está certamente sentindo a pressão da AMD", disse McCarron.

A Intel poderia contrariar a Ryzen oferecendo chips mais novos e mais rápidos a um preço similar ao dos processadores em sua linha atual. Também no final deste ano, a fabricante lançará os processadores 8th Generation Core, e esses chips serão 10% mais rápidos do que os da classe Core 7th Generation, conhecidos como Kaby Lake.

O Ryzen não é a única razão por trás da projeção da Intel de um declínio nos preços dos chips. O mix de chips da Intel low-end para chips premium desacelerou. O preço precisa ser ajustado para que mais usuários de PCs passem de chips como o Pentium para os Core i5 e i7.