Executivo do Spotify está entre mortos de ataque na Suécia

Da Redação
10 de abril de 2017 - 10h51
Chris Bevington, que estava há cinco anos na empresa, foi uma das quatro vítimas fatais do ataque que aconteceu na sexta-feira, 7/4, em Estocolmo.

Um executivo do Spotify chamado Chris Bevington está entre os quatro mortos em decorrência do ataque ocorrido em Estocolmo, na Suécia, na última sexta-feira, 7/4, quando um caminhão avançou contra pedestres na capital do país.

A informação foi confirmada pelo próprio CEO do Spotify, Daniel Ek, que fez um post em sua página no Facebook para homenagear Bevington, que estava há cerca de cinco anos na empresa e atualmente ocupava o cargo de diretor de parcerias globais e desenvolvimento de negócios.

“É com choque e um coração pesado que confirmo que Chris Bevington, da nossa equipe do Spotify, perdeu sua vida no ataque sem sentido de sexta-feira em Estocolmo. Chris era um membro da nossa equipe há mais de cinco anos. Ele teve um grande impacto não apenas nos negócios, mas em todos que tiveram o privilégio de conhecê-lo e trabalhar com ele”, afirmou Ek. 

“Não há palavras para descrever como sentiremos sua falta ou como estamos tristes pela forma como o perdemos. Enquanto essa notícia terrível se assenta, nosso foco principal é apoiar a família e as pessoas próximas de Chris de qualquer maneira que possamos fazer isso.”

No final de semana, cerca de 20 mil pessoas saíram às ruas de Estocolmo para fazer uma vigília em homenagem aos mortos e feriados no ataque.