App aponta quantas vezes mulheres têm suas falas interrompidas por homens

Da Redação
08/03/2017 - 17h12
Criado por agência brasileira, app Woman Interrupted está disponível para Android e iOS. App visa conscientizar sobre comportamento machista no mercado de trabalho
O machismo se manifesta de muitas formas, entre elas, quando se tenta silenciar uma mulher. Em 2014, um estudo realizado por pesquisadores da Universidade George Washington (EUA), publicado no Journal of Language and Social Psychology, apontou que as mulheres são significantemente mais interrompidas do que os homens. Esse fenômeno, também conhecido como Manterrupting, é interpretado como uma das manifestações do desequilíbrio de gêneros. 
 
O comportamento foi debatido muito no ano passado, tendo um de seus “melhores” exemplos no período das eleições norte-americanas, quando Donald Trump interrompeu Hillary Clinton por 51 vezes, durante o primeiro debate entre os candidatos. 
 
Inspirada pela discussão, a agência BETC São Paulo idealizou o aplicativo Woman Interrupted, uma plataforma que contabiliza quantas vezes um homem interrompe a fala feminina. 
  
“À primeira vista, pode parecer um problema pequeno, mas que reflete questões mais profundas da desigualdade de gênero no trabalho e na sociedade. O aplicativo é uma forma de mostrarmos que, na verdade, a interrupção é real e alarmante”, comenta Gal Barradas, sócia-Fundadora e Co-CEO da BETC São Paulo. 
 
Mercado de trabalho 
 
Segundo a agência, o Woman Interrupted foi criado com foco no mercado de trabalho, para uso em apresentações e reuniões profissionais. Apesar de poder ser utilizado em qualquer ambiente. 
 
Para utilizá-lo, basta fazer o download gratuito nos sistemas Android e iOS. Para identificar as interrupções com maior precisão, a plataforma solicita que o usuário calibre e registre sua voz. O app aproveita o microfone do celular para analisar conversas e detectar o número de interrupções durante o período em que estiver ativado.  
 
Com a voz do usuário como parâmetro e a diferença na frequência de voz masculina e feminina, sua tecnologia permite identificar em que momentos a usuária foi interrompida por um homem ou, no caso de um usuário masculino, em quais momentos ele interrompeu uma mulher.  O app se encontra disponível nos idiomas português, inglês, espanhol e francês. 
 
O Woman Interrupted faz análises em tempo real e transforma as interrupções em dados. A agência informa que nenhuma conversa fica registrada no aplicativo, apenas o número de interrupções, duração e data. 
 
A BETC ainda prevê o lançamento de um Dashboard Global que apresentará uma análise dos dados coletados ao redor do mundo, em tempo real. O objetivo é disponibilizar, eventualmente, informações como número de interrupções por minuto e por país, além de comparativos entre regiões e faixa etária, por exemplo.