Razer apresenta Projeto Valerie, laptop com três telas que se 'desdobram'

Carla Matsu
05/01/2017 - 18h14
Laptop multimonitor traz telas de 17,3 polegadas com resolução 4K. Produto conceito foi apresentado durante a CES 2017
A Razer, fabricante de games e computadores, revelou durante a CES 2017, em Las Vegas, um curioso conceito para laptop.
 
Chamado Projeto Valerie, trata-se de um laptop com três monitores acoplados que, segundo a fabricante, não conta com precedentes no mercado.
 
Todos os monitores possuem 17,3 polegadas com resolução 4K e tecnologia NVIDIA G-SYNC, que produz imagens com frame rates de máxima fluidez e expande a área de jogo em até 180°, alcance alimentado pela tecnologia NVIDIA Surround View. 
 
Segundo a Razer, o público alvo são gamers e profissionais de criação, que necessitam constantemente de maior espaço de tela para a utilização simultânea de diversos programas.
 
Um mecanismo retrátil, desenvolvido pela própria Razer, permite a cada monitor deslizar para um lado da tela principal e se fixar no local adequado. Um suporte para múltiplos monitores dispensa o uso de excessivos cabos ou de ajustes nas configurações, como em desktops. 
 
“As complexidades de um sistema tradicional multimonitor não existirão no Projeto Valerie”, disse o CEO e cofundador da Razer, Min-Liang Tan. “Computadores multimonitor são cada vez mais importantes para profissionais de criação e gamers, e pela primeira vez desenvolvemos uma solução que pode ser levada por eles a qualquer lugar. O Projeto Valerie promete todas as funcionalidades exigidas por um sistema com três telas e nenhum prejuízo que essa estrutura poderia proporcionar”, disse Tan.
 
Feito de estrutura de alumínio, o aparelho pesa 5,5 kg, algo consideravelmente leve considerando suas três telas.
 
No entanto, por mais incrível que seja o Projeto Valerie, precisamos falar sobre o motivo pelo qual ele está destinado a permanecer apenas um conceito - pelo menos para os consumidores finais. 
 
Claro, é possível que a Razer nos surpreenda e coloque o Projeto Valerie à venda até o final deste ano. Mas se isso acontecer, espere que o Valerie custe mais do que um carro usado decente. O Blade Pro já começa em US$ 3.700 com preços que variam até US$ 4.500 - e eles nem sequer têm três telas. Então, US$ 5 mil ou até US$ 6 mil parecem uma estimativa segura, tendo em vista que a companhia não anunciou planos de lançamento, tampouco preços comerciais.  
 
A Razer também não disse nada sobre a vida da bateria, mas um computador portátil com três telas a 4K exigiria muito dela, certo?  Você pode muito bem nem sequer ter uma bateria. 
 
Considerando que o Blade Pro já inclui a maior bateria permitida em aviões (99WHr) e só recebe de 3 a 4 horas, é melhor ter uma tomada a mão para o Projeto Valerie.