Twitter testa integração do Moments com os trending topics e a busca

Cristina De Luca
12/10/2016 - 18h35
A ideia permitir que os usuários tenham acesso à curadoria dos melhores twetts sobre os assuntos mais relevantes do dia e ao indicador de assuntos mais falados no momento em único local

Às  voltas com novos rumores sobre negociações de aquisição por gigantes do mercado de tecnologias da Informação, o Twitter inicia hoje, em todo mundo, e apenas com usuários selecionados para participar do piloto, a integração das ferramentas de busca, de curadoria (o Moments) e de trending topics, acessíveis agora a partir de uma única aba dos apps para iOS e Android chamada "Explorar", identificada pelo ícone da lupa.  A mudança ainda não está disponível na interface web, para desktops. 

Segundo o  Twitter, o objetivo é tornar mais simples o acesso a esses conteúdos, reunindo em um único lugar de "descoberta" a busca, os melhores twetts sobre os assuntos mais relevantes do dia (o Moments) e o indicador de assuntos mais falados no momento (TTs). 

A interface da tela Explorar coloca no topo a caixa de busca, logo depois cinco trending topics em uma área chamada "assuntos do momento", que conta com a opção "Mais" para visualização de 20 termos em destaque e, por fim, os Moments, reunidos agora em uma área chamada "Hoje no Twitter". No pé da tela, o usuário encontra a opção de visualização dos Moments por assunto (Notícias, esporte, Entretenimento, e assim por diante), em uma área identificada como "Explorar tudo".

De cara, chama atenção o fato do Twitter dar adeus ao ícone do raio que dava acesso aos Moments na barra inferior, e ao próprio nome Moments. 

Twitter1   Twitter2

Segundo o Twitter, a nova interface é fruto da percepção de que, com o lançamento do Moments, os usuários gostaram de acessar um único lugar para descobrir o melhor do Twitter.

Vale lembrar que o Moments foi lançado há um ano, primeiro nos Estados unidos (no dia 5 de outubro de 2015) e, logo depois, no Brasil, no dia 17 de novembro de 2015.

Semana passada tive a oportunidade de fazer algumas perguntas a Andrew Fitzgerald, diretor de curadoria do Twitter responsável pelo Moments, de passagem pelo Brasil.

Perguntei a ele se a ferramenta de curadoria havia conseguido cumprir um dos seus maiores objetivos, que era tornar o Twitter mais atraente para os usuários.

Também quis saber por que o microblog decidiu transformar o Moments em uma plataforma aberta, para que qualquer usuário pudesse publicar a sua própria curadoria de tweets. E se o microblog não corria o risco de, com isso, tornar a visualização de Moments uma bagunça.

Andrew respondeu que o Moments está se tornando uma ferramenta narrativa incrível para a própria equipe de curadoria do Twitter e seus parceiros. E que o público que compartilha informações através da ferramenta tem crescido bastante. mas não revlou números.

“Quando as pessoas correm para o Twitter para acompanhar o desenrolar de algum acontecimento, em tempo real, as histórias e vozes nem sempre são expressas através de um único Tweet - elas se desdobram em vários tweets e envolvem vários pontos de vista. O Moments permite que as pessoas capturem histórias mais ricas, que refletem essa diversidade de tweets”, explicou. E na opinião da equipe do Twitter, os usuários já perceberam isso.

Quanto a estender a possibilidade de criação de Moments a todos os usuários, Andrew disse que desde o início havia uma meta de abrir esta ferramenta criativa para mais pessoas ... eventualmente, a todos os usuários. Ao fazer isso, eles acreditam estar dando aos usuários uma nova forma de contar as suas histórias, com maior amplitude e profundidade de conteúdo.

A quantidade de Moments criados pelos usuários vai depender das histórias que cada indivíduo gostaria de contar. Nem todos eles estarão disponíveis através dos Moments em destaque. Eles também pretendem fazer uma curadoria dos melhores Moments criados pelos usuários. E só esses aparecerão no espaço dedicado ao Moments.

Andrew não fez nenhuma menção à concorrência. Mas embora o Twitter não assuma, impossível deixar de notar que a liberação do Moments para todos os usuários segue o movimento de rivais como o Instagram, que liberou o Stories em agosto.

Segundo Andrew equipe do Twitter também pretende capacitar os usuários a as histórias mais relevantes rapidamente e posicionar o Twitter como sua maior plataforma de storytelling móvel.

Sem dúvida, o teste iniciado hoje está alinhado com esse objetivo.

Sou uma das pessoas que começou a usar a nova interface a partir de hoje. A partir dos feedbacks desses primeiros usuários o Twitter pretende monitorar eventuais bugs e vai aperfeiçoar a ferramenta.

Ainda não há previsão de quando a integração estará disponível para todos os usuários. 

Pelo pouco tempo que usei (a interface foi liberada hoje, às 17h), me parece uma decisão acertada, que ressalta uma das qualidades do Twitter: ser a rede social onde nos informamos sobre os acontecimentos do momento, em tempo real.  

A ver.