Snapdragon 821 da Qualcomm equipará smartphones com plataforma de VR do Google

IDG News Service
31/08/2016 - 09h39
Processador tem CPU 10% mais rápida e processador gráfico 5% mais rápido quando comparado ao modelo anterior, o Snapdragon 820
Os primeiros smartphones a usarem a plataforma de realidade virtual Daydream do Google virão no final deste ano, e muitos já poderão vir com o mais recente processador da Qualcomm, o Snapdragon 821. 
 
Nessa terça-feira, a Qualcomm anunciou mais detalhes sobre o novo processador, que é o mais rápido já desenvolvido pela fabricante. 
 
O Snapdragon 821 tem CPU 10% mais rápida e processador gráfico 5% mais rápido quando comparado ao Snapdragon 820, que equipa smartphones como G5 da LG e o Galaxy S7 da Samsung. 
 
Fabricantes de chips móveis, muitas vezes ajustam seus processadores para melhorarem o desempenho. A melhoria de 10%  da CPU é aceitável tendo em conta que o Snapdragon 821 e 820 se baseiam na mesma arquitectura Kryo. 
 
Smartphones vão precisar de muita potência para o Daydream, que é a ambiciosa tentativa do Google para trazer a realidade virtual para as massas. Ele foi projetado para smartphones Android que se encaixarão em óculos de realidade virtual, permitindo que os usuários percorrem mundos 3D, interajam com amigos ou assistam filmes em streaming. 
 
Nenhum produto com a Daydream se encontra no mercado ainda, porém o Google ainda não anunciou os requisitos necessários para smartphones e headsets para suportarem a plataforma de VR. 
 
Mas é certo que smartphones terão telas de alta resolução e CPUs e GPUs rápidas, e os óculos precisarão de uma série de sensores para controlar o movimento e cabeça movimento. 
 
O Daydream é baseado no Android 7.0. As empresas que desenvolvem dispositivos móveis para o Daydream incluem Samsung, HTC, LG, Xiaomi, Huawei, ZTE, Asus e Alcatel. Para os desenvolvedores criarem aplicativos de realidade virtual móvel, a Qualcomm está oferecendo o kit de desenvolvimento de software Snapdragon VR, que será compatível com o Google Daydream.